Vasco sofre gol nos acréscimos e empata com o Luverdense

Com os reservas em campo e os titulares no Rio de Janeiro, o Vasco entrou em campo para enfrentar o Luverdense, na noite deste sábado, no Estádio Municipal Passo das Emas. A partida contou com as estreias do zagueiro Rafael Marques e do lateral-esquerdo Alan Cardoso, que teve sua primeira oportunidade na equipe profissional. O Vasco saiu na frente, mas, viu o adversário marcar e arrancar o empate, pelo placar de 1 a 1, já nos acréscimos.

Para seguir vivo na Copa do Brasil, o Vasco enfrenta o Santa Cruz, na próxima quarta-feira. A partida será realizada no Arruda, às 21h45. Pelo Campeonato Brasileiro, o time de São Januário recebe o Bragantino, no próximo sábado, às 16h30. O Cruzmaltino segue na liderança do Campeonato Brasileiro Série B, com 32 pontos.

O JOGO

Composta pelos reversas, a equipe do Vasco entrou em campo para defender a liderança da competição. A primeira chegada da partida foi do time de São Januário, com Jomar recebendo cruzamento e cabeceando a bola para fora. Nos primeiros minutos da primeira etapa, o Vasco precisou atender dois de seus jogadores em campo: Willian e Jomar. Porém, somente o volante não conseguiu permanecer em campo e deu lugar ao jovem Mateus Vital.

O Luverdense não demorou muito para entrar na partida e, após um vacilo da zaga vascaína, Tozin apareceu para bater na saída do goleiro Martín Silva. O capitão defendeu e mandou a bola para escanteio. No cruzamento do escanteio, Tozin apereceu novamente, porém o uruguaio apareceu tranquilo para ficar com a bola. A equipe da casa encontrava boas oportunidades para pressionar os visitantes.

O estreante da noite, Alan Cardoso, apareceu livre pela esquerda e conseguiu um bom cruzamento para Thalles. A bola passou pelo atacante e ficou nos pés de Evander, que tentou o cruzamento sem oferecer perigo ao gol de Gabriel Leite. O outro estreante da noite não deu tanta sorte assim e, após sair jogando errado, viu a bola ficar com Régis que apareceu livre pela esquerda. No cruzamento, Jomar apareceu para afastar o perigo. O setor defensivo vascaíno apresentava dificuldades para conter as chegadas do Luverdense.

Disposto a dar trabalho ao goleiro Martín Silva, o Luverdense chegou com Moacir. O volante recebeu pela direita e bateu cruzado para a defesa do camisa 1. Não eram somente as tentativas adversárias que atrapalhavam a vida do Vasco. A equipe carioca sofria com a desorganização no meio-campo e não conseguia a possa de bola.

Em uma clara chance de gol para os vascaínos, a equipe saiu em rápido contra-ataque e deixou a bola nos pés de Thalles. O atacante ajeitou a bola e bateu colocado, mandando a redonda na trave. O Luverdense respondeu como Jean Patrick, que tentou o drible pra cima de Jomar e viu o zagueiro vascaíno desarmar e ficar com a bola, evitando que o adversário ficasse cara a cara com o goleiro Martín Silva.

Na volta para a segunda etapa, o primeiro lance de perigo saiu dos pés de Mateus Vital. O jovem arriscou um bom chute de fora da área, porém, Gabriel Leite apareceu bem no lance para defender. Em outra boa chance, Thalles ficou com a bola na boa, após cobrança de escanteio, mas mandou a rendonda longe. Quem soube aproveitar a oportunidade de abrir o placar foi Yago Pikachu, após ser acionado por Thalles o lateral ficou na cara do gol para mandar a bola no fundo da rede.

Já nos acréscimos, Paulinho cruzou na cabeça de Alfredo que empurrou para o fundo da rede e arrancou um empate do Vasco, pelo placar de 1 a 1.

FICHA TÉCNICA

LUVERDENSE 1×1 VASCO
Estádio: Estádio Municipal Passo das Emas
Árbitro: Heber Roberto Lopes
Gols: Yago Pikachu (Vasco – aos 14′ do segundo tempo), Alfredo (Luverdense – aos 45′ do segundo tempo)
Cartões Amarelos: Gabriel Valongo e Everton (Luverdense) / Yago Pikachu (Vasco)
LUVERDENSE: Gabriel Leite; Raul Prata, Gabriel Valongo, Everton, Paulinho; Ricardo, Moacyr (Sérgio Mota), Jean Patrick; Régis Souza (Alfredo), Rogerinho e Tozin. Técnico: Júnior Rocha.
VASCO: Martín Silva; Yago Pikachu, Rafael Marques (Aislan), Jomar, Alan Cardoso; Diguinho, William (Mateus Pet), Julio dos Santos, Evander; Caio Monteiro (Andrey) e Thalles. Técnico: Jorginho.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: