Vasco só empata e vê vantagem no G-4 da Série B diminuir mais

A medida que a Série B vai chegando ao fim mais se complica a vida do Vasco na competição. Nesta terça-feira, a equipe carioca ficou no empate por 1 a 1 com o Luverdense, dentro de casa. Com o resultado, os cariocas caem para a terceira colocação e seguem ameaçados de sair do G-4. A vantagem do clube carioca para o quinto colocado, Náutico, é de apenas dois pontos.

Na próxima rodada, o Vasco joga contra o Bragantino, fora de casa, às 16h30, no sábado. Mesmo dia de Luverdense e Bahia, que será no estádio Passos das Emas, às 19h30.

O JOGO

Precisando vencer para não complicar ainda mais a sua vida na Série B, o Vasco começou a partida contra o Luverdense muito nervoso. Com dificuldades para construir jogadas, os cariocas tiveram que se defender primeiro dos visitantes. A equipe rival ameaçou aos quatro minutos. Ricardo teve liberdade e testou o goleiro Jordi, que fez boa defesa.

Aos 19 minutos, Everton apareceu com liberdade dentro da área vascaína e cabeceou rente a trave do goleiro do clube carioca. O jogo se desenhava muito complicado, só que a sorte sorriu para os cariocas no lance seguinte. Nenê achou Thalles, que tocou na saída do goleiro Diogo Silva, abrindo o placar na primeira oportunidade dos vascaínos.

O gol deu um pouco mais de tranquilidade para a equipe do Rio de Janeiro. Os cariocas ainda tiveram duas chances de ampliar com Thalles, antes do intervalo, nada muito claro, porém, terminaram o primeiro tempo com a vantagem no placar e melhor na partida.

O segundo tempo não começou muito legal para a equipe carioca. Aos sete minutos, o Luverdense chegou ao empate na primeira oportunidade que teve, logo após o intervalo. Depois de cobrança de escanteio, Jorgi deu rebote por conta de um desvio e Alfredo deixou tudo igual para os visitantes.

O Vasco decidiu se lançar ao ataque, mas também permitia espaços para a equipe do Luverdense. Os cariocas chegaram com perigo 20 minutos em boa jogada coletiva que Andrezinho conclui fraco, ao receber passe de Thalles. Logo depois, Nenê achou Júlio César em boas condições e novamente o Vasco parou em Diogo Silva.

O Luverdense, porém, era perigoso e por pouco não conseguiu a virada aos 30 minutos. Em contra-ataque, Alfredo acabou prendendo demais a bola e finalizando de forma afobada, a equipe visitante tinha três jogadores de frente contra apenas dois defensores vascaínos.

Aos 40 minutos, o Vasco teve uma boa chance de voltar a vencer. Após escanteio, a bola sobrou para Luan, que finalizou, vencendo o goleiro Diogo Silva, porém, em cima da linha, a defesa do Luverdense salvou, evitando o segundo. A vitória não veio e depois de mais um tropeço a torcida terminou vaiando muito a equipe.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 LUVERDENSE

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Público/renda: 2.555 pagantes/R$ 64.745,00
Cartões amarelos: Rodrigo, Yago Pikachu, Julio Cesar, Nenê (VAS) e Ricardo, Diogo Silva (LUV)
GOLS: Thalles 20’/1ºT (1-0) e Alfredo 6’/2ºT (1-1)

VASCO: Martin Silva, Yago Pikachu, Rodrigo, Luan e Julio Cesar (Alan 42’/2ºT); Bruno Gallo, William (Junior Dutra 11’/2ºT), Andrezinho e Nenê; Thalles e Éderson (Jorge Henrique 11’/2ºT). Técnico: Jorginho

LUVERDENSE: Diogo Silva, Raul Prata, Everton, Gabriel Valongo e Paulinho; Jean Patrick (Diogo Sodré 31’/2ºT), Ricardo (Moacir 29’/2ºT), Rafael Silva (Macena 22’/2ºT) e Sérgio Mota; Douglas Baggio e Alfredo. Técnico: Junior Rocha




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: