Vasco segura a pressão do Grêmio e vence

O time do estreante técnico Zé Ricardo aproveitou o fato de voltar a jogar em casa — graças a efeito suspensivo que cassou punição do Ministério Público —, e não decepcionou: venceu o Grêmio por 1 a 0, gol de Mateus Vital, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Agora o time já ocupa a sexta posição no campeonato, na zona de classificação para a Libertadores.

A derrota frustrou os planos do Grêmio de encostar no líder Corinthians. O time do técnico Renato Gaúcho continua a sete pontos da equipe paulista (50 a 43) e pode ver essa distância aumentar neste domingo. O Corinthians visita o Santos, às 16 horas, no estádio da Vila Belmiro, em Santos.

O Grêmio agora volta as atenções para o duelo contra o Botafogo nesta quarta-feira, no Rio, no jogo de ida das quartas de final da Libertadores. Pelo Brasileirão, o time tricolor jogará no próximo dia 17, um domingo, contra a Chapecoense, em Porto Alegre. No mesmo dia, o Vasco visita o Corinthians.

O JOGO

A partida não contou com a presença de torcedores devido a uma punição imposta ao Vasco por conta de uma briga entre torcedores no clássico contra o Flamengo, no dia 8 de julho. O Grêmio entrou em campo sem os titulares Pedro Geromel e Luan. O zagueiro voltou aos treinamentos na última semana após se recuperar de lesão e o atacante sentiu a coxa após trabalho na última quinta-feira e foi poupado.

Apesar dos desfalques, o time visitante tomou conta do primeiro tempo e pressionou o adversário. O Vasco se fechou atrás e dificultou as investidas do adversário. No contra-ataque, os anfitriões criaram as principais chances de gol na etapa inicial

Primeiro Nenê recebeu na área livre e bateu colocado rasteiro. A bola saiu à esquerda do goleiro Marcelo Grohe. O gol saiu aos 42 minutos. Ramon avançou pela esquerda e cruzou na segunda trave para Mateus Vital, que apareceu livre e desviou para as redes.

O segundo tempo seguiu a mesma história da metade inicial da partida. O Grêmio tocava a bola de um lado para o outro, ocupava o campo de defesa do Vasco, mas não conseguia criar chances claras de gol.

Nos contra-ataques, o Vasco é quem assustava Marcelo Grohe. Aos 33 minutos, Bruno Paulista arrancou pelo meio e tocou para Paulinho na esquerda. Ele ganhou na corrida de Bressan e chutou em cima do goleiro do Grêmio.

O time gaúcho seguia sem conseguir furar a retranca do Vasco para desespero do técnico Renato Gaúcho. Como não havia torcedores, dava para escutar alguns dos gritos do treinador. Em um deles berrou: “Se levarem mais um gol, vão ver o que é bom para tosse”. A equipe não levou o segundo, mas também não conseguiu empatar.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 x 0 GRÊMIO

VASCO – Martín Silva; Madson (Yago Pikachu), Breno, Anderson Martins e Ramon; Welington, Escudero (Bruno Paulista), Wagner (Paulinho), Nenê e Mateus Vital; André Ríos. Técnico: Zé Ricardo

GRÊMIO – Marcelo Grohe; Edílson, Bressan, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro (Patrick) e Léo Moura (Everton); Fernandinho e Lucas Barrios (Arroyo). Técnico: Renato Gaúcho.

GOL – Mateus Vital, aos 42 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Escudero, Wellington e Bruno Paulista (Vasco)

ÁRBITRO – Heber Roberto Lopes (SC).

RENDA e PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – São Januário.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: