Vasco derrota o Fluminense e se afasta da Segunda Divisão

O Fluminense e Vasco se enfrentaram, neste sábado, no Maracanã, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na tentativa de se afastar da zona de rebaixamento, o Cruzmaltino derrotou o Tricolor, por 1 a 0, e acabou com o jejum de cinco partidas sem vencer.

Com o resultado, o Fluminense está com 30 pontos, na oitava colocação, mas ainda pode ser ultrapassado no complemento da rodada. O Vasco, com 28 pontos, está na 10º posição na tabela de classificação do Brasileirão.

No próximo dia 10 de setembro, às 16 horas, o Fluminense volta a campo para enfrentar o Vitória, no estádio Barradão, em Salvador (BA). Enquanto isso, o Vasco recebe o Grêmio, no mesmo dia e horário, em local ainda a ser definido.

O JOGO

1º tempo

A partida começou amarrado e muito disputado, sobretudo no meio-campo. A primeira oportunidade veio dos pés de Nenê. O jogador do Vasco recebeu no mano a mano com Henrique, conseguiu espaço e chutou bem de direita. O goleiro Júlio César defendeu, mas a bola ficou com Andrés Ríos, que ajeitou para Ramon chutar novamente. A bola bateu na zaga do Fluminense e ficou com Madson, que finalizou de novo, mas para fora.

Aos 24 minutos, o Fluminense tentou responder com Scarpa, que virou o jogo muito bem para Léo. O lateral-esquerdo tirou dois da defesa do Vasco só com o domínio e tocou para Orejuela, que perdeu tempo e chutou bloqueado.

Mateus puxou bom contra-ataque e passou para Andrés Ríos na ponta esquerda. O atacante ajeitou para trás, e Ramon não desperdiçou: chutou de longe e fez um golaço para abrir o placar para o Vasco, no Maracanã.

2º tempo

Nenê recebeu na área e tentou de calcanhar mesmo distante do gol. Scarpa esticou a perna, a bola bateu nele e passou raspando a trave esquerda de Júlio César.

O Fluminense tentou responder. Scarpa fez boa jogada pela direita e deixou dois adversários no chão perto da linha de fundo, mas demorou demais para cruzar e saiu com bola e tudo.

Aos 37 minutos, Henrique Dourado recebeu de costas para o gol na área, deu um belo chapéu, mas finalizou mal.

Quase no fim da partida, o Vasco teve a chance de ampliar o placar, mas falhou. Renato Chaves escorregou, Paulinho tabelou na entrada da área e finalizou rasteiro, mas Júlio César pegou com os pés e salvou o Fluminense.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 1 VASCO

FLUMINENSE – Júlio César; Lucas (Matheus Alessandro), Renato Chaves, Henrique, Léo, Orejuela, Marlon Freitas (Peu), Wendel (Romarinho), Gustavo Scarpa, Wellington Silva, Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

VASCO – Martín Silva, Gilberto (Madson), Breno, Anderson Martins, Ramon, Jean, Wellington, Wagner (Guilherme), Nenê (Paulinho), Mateus Vital, Andrés Rios. Técnico: Valdir Bigode.

GOLS – Ramon, do Vasco, aos 31 do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro.

CARTÕES AMARELOS – Marlon Freitas e Lucas (Fluminense); Jean, Madson, Wellington e Gilberto (Vasco).

RENDA – R$ 583.360,00

PÚBLICO –  23.460 (público presente); 19.826  (público pagante).

LOCAL – Maracanã, no Rio de Janeiro.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: