TV Brasil homenageia Jerry Adriani nesta terça (25) no programa Recordar é TV

O especial da série Recordar é TV resgata um descontraído bate-papo de Jerry Adriani com o apresentador Luiz Carlos Miéle, em 2002, no programa “A vida é um show”, da TVE. Durante a atração, o entrevistado lembra de histórias que viveu com os parceiros da Jovem Guarda, como Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa.

Paulista do Brás, Jerry Adriani recorda encontros inesquecíveis com João Gilberto e Renato Russo na produção realizada com imagens de acervo da emissora. O artista fala para Miéle sobre as comparações de sua voz com a do líder da Legião Urbana e destaca o início de carreira quando cantava em italiano.

A homenagem também reúne apresentações da década de 1970 até os anos 2000 em que Jerry Adriani canta hits que marcaram sua carreira como “Doce, Doce Amor”, “Querida”, “Por enquanto”, “La Solitudine” e “Love me tender”.

Com 26 minutos, o especial ainda traz depoimentos de amigos do saudoso cantor como os músicos Agnaldo Timóteo, Eliana Pittman e Rosemary.

Jerry Adriani começou sua trajetória artística em 1964 com a gravação de seu primeiro álbum, chamado “Italianíssimo”. Entre 19969 e 1971, os discos do artista foram produzidos por Raul Seixas, de quem era amigo.

Uma das principais músicas cantadas por Jerry, “Doce, Doce Amor”, é de autoria de Raulzito. No especial exibido pela TV Brasil, o ídolo da Jovem Guarda conta para Miéle, entre outras curiosidades, que foi o responsável pela vinda de Raul Seixas de Salvador para o Rio de Janeiro.

O especial da série Recordar é TV tem apresentação da jornalista Alessandra Lago.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: