TV Aparecida está na frente da Rede Vida e CNT ultrapassa Rede Brasil

Os canais considerados ”não comerciais”, ”pequenos” e ”ignorados pelas grandes mídias” tem seu público, sua audiência e sua receita. É claro, que não podemos considerar o faturamento de ”bilhões” da Globo com o caixa da pequena Rede Brasil, ou do alto dinheiro que entra na CNT através dos cofres da Igreja Universal. É um mercado paralelo que foge um pouco da realidade.

Segundo dados obtidos com exclusividade pelo Portal 4, a TV Aparecida lidera na média UHF em São Paulo pelo placar de 0.46 contra 0.43 da Rede Vida. Na TV Paga, o canal de Aparecida alcançou em outubro a posição número 19ª com 0.26 pontos, ante 0.19 da Rede Vida sua ”maior concorrente” no segmento católico.

Apesar do canal da família Monteiro, ter o maior número de share em São Paulo 0.68% contra 0.56%.

A Record News, canal de notícias com programação independente e religiosa que pertence a Record TV tem em São Paulo média de 0.28 pontos, terceiro lugar isolado. A Canção Nova aparece na 4ª colocação com 0.20 pontos.

A TV Brasil, canal público do governo federal é a quinta rede mais assistida em São Paulo com média de 0.18 pontos.

A briga no ”traço” envolve cinco canais: Rede 21 (Igreja Universal), Ideal TV (Igreja Mundial), RBI, Rede Brasil e CNT (alugada 22 horas para a Igreja Universal).

A Rede Brasil figurou nos principais sites de TV e blogs pela estreia de ”Cavaleiros do Zodiaco” e ”Dragon Ball Z” que tirou o canal do ‘zero absoluto’ para os dois décimos, três na faixa das 20h às 21h, na estreia deu 0.4 pico de 0.9 e ficou nisso. A audiência despencou para a casa de 0.1 a 0.3 pontos, o que soma 20 mil domicílios em média na Grande São Paulo. Sua média dia é de 0.08 pontos, não chega a 0.1 pontos (um décimo).

O canal tem ‘pratas’ da TV como Nani Venâncio, Amanda Françozo, Decio Piccinini, Evê Sobral e Lucimara Parisi (maior audiência da casa com 0.3 pontos nas tardes de sábado).

Na CNT, apenas o ”Conexão com Zé Américo’‘ exibido nas noites de quarta-feira é o que salva o canal paraense com média de 0.2 a 0.4 pontos, índices altos para os padrões, os tele-cultos da Igreja Universal patina na casa de 0.1 pontos durante o dia todo. No critério de desempate, a CNT vence a Rede Brasil pelo placar de 0.11 a 0.08.

 




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: