Túnel Charitas-Cafubá é aberto ao tráfego

O Túnel Charitas-Cafubá, que liga a Zona Sul e a Região Oceânica de Niterói, foi aberto e está operando com suas duas galerias. Na solenidade, que começou às 10h, no Cafubá, Região Oceânica, com participação de mais de 150 pessoas, entre autoridades e moradores, o prefeito Rodrigo Neves.

Com a presença de dezenas de autoridades e moradores da região, a fita foi cortada no final da manhã deste sábado. O túnel possuí duas galerias, sendo cada uma com 1350 metros, de extensão, sendo três pistas – duas para carros, uma par ônibus – além da ciclovia. Para auxiliar os ciclistas e motoristas, as vias possuem um sistema de exaustão.

O Túnel Charitas-Cafubá faz parte da TransOceânica, um corredor viário com 9,3 quilômetros, entre o Engenho do Mato e Charitas. A Prefeitura de Niterói estima que quando a via estiver concluída, o tempo de deslocamento, de ônibus, entre os dois bairros será de 20 minutos. Nos horários de pico, até mil carros devem passar por hora, por ali. O custo total das obras da TransOceânica é de R$ 310 milhões.

Estacionamento – A abertura do túnel vai trazer algumas alterações no estacionamento. Em São Francisco, no sentido Icaraí, não será permitido estacionar de segunda a sexta-feira, das 5h às 10h, do lado direito e no canteiro central. Já no sentido Jurujuba, junto ao canteiro central, fica proibido estacionar das 16h às 20h, nos dias úteis.

Em Charitas, sentido Icaraí, será permitido estacionar do lado direito da via no trecho entre a Maison Cascade e o cemitério São Francisco Xavier. Também será possível parar do lado esquerdo da via, no trecho entre o restaurante Verdana e o posto BR. Já no sentido Jurujuba será permitido estacionar do lado esquerdo da via (canteiro central), e, no lado direito da via, será permitido parar somente nas baias de estacionamento.

Números – Cada túnel terá duas galerias, cada uma com 1.350 metros de extensão, 1.100 lâmpadas de led, 16 ventiladores para o sistema de exaustão e 40 câmeras.

Além disso, são seis painéis de emergência, 80 interfones, 200 sinalizadores de evacuação de área e 252 cornetas, sendo 120 em cada galeria, mais quatro em cada porta de saída de emergência, com conjuntos de amplificadores, formando um moderno sistema de sonorização.

Dentro do túnel, a velocidade permitida para carros é de 80km/h. Já a velocidade permitida para caminhão e ônibus é de 60km/h.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: