DESTAQUE ELEIÇÕES 2018

TRE proíbe apoio de Bolsonaro ao candidato a governador Wilson Witzel

banner

O candidato ao governo do estado o ex-juiz federal Wilson Witzel, do PSC, da Coligação Mais Ordem, Mais Progresso, está proibido de veicular o apoio do senador eleito Flávio Bolsonaro, do PSL, sob pena de pagar multa de R$ 50 mil por inserção indevida. A decisão é do desembargador eleitoral de plantão Luiz Fernando de Andrade Pinto, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ).

O pedido partiu do candidato Eduardo Paes, do DEM. Ele alegou que ontem foi ao ar na propaganda eleitoral de Witzel na televisão, na qual Flávio Bolsonaro declarou: “Governador, todos nós vestimos a mesma camisa, que é a camisa do Brasil”. Porém, o partido de Bolsonaro não declarou apoio a Witzel no segundo turno.

A decisão do TRE-RJ é de sexta-feira. Neste sábado, Jair Bolsonaro declarou que “está neutro” na disputa ao governo do Rio

Posts Relacionados

Com falhas de estreante, Fluminense é derrotado pelo Volta Redonda no Cariocão

REDAÇÃO

Documento foi assinado nesta terça-feira entre chineses e a Petrobras pode ajudar retomada do Comperj

REDAÇÃO

Ibope no Rio de Janeiro, votos válidos: Witzel, 54%; Paes, 46%

REDAÇÃO

Esse site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Assumimos que você esteja de acordo com isso, caso contrário você pode fazer opt-out if se desejar. Aceito Leia Mais