Trans Oceânica: Implantação de desvio dá início às obras no trecho

Rótula da Avenida Central é aberta ao trânsito e faz com que motoristas não precisem mais contornar o Engenho do Mato

O secretário executivo da Prefeitura de Niterói, Axel Grael, fez uma vistoria na manhã desta quarta-feira (8/2) no trecho 6 da TransOceânica, do Trevo de Piratininga às proximidades da rótula da Avenida Central (Supermercado Diamante). As obras no local foram iniciadas na última terça-feira com a  implantação de um desvio para que os motoristas que trafegam em direção a Itaipu pela Estrada Francisco da Cruz Nunes acessem a pista no sentido oposto, que terá a mão invertida a partir da próxima segunda-feira (13/2).

As duas faixas para a Região Oceânica serão interditadas ao trânsito para obras do trecho 6, que terá drenagem, terraplanagem e pavimentação, além da implantação da pista do BHS. Será aberta apenas uma faixa no sentido Itaipu para a passagem de moradores. Para criar o desvio, de 600 metros, a Prefeitura teve que quebrar o canteiro central e vai asfaltá-lo para permitir a passagem dos carros.

Desde o início da semana, a rótula da Avenida Central está aberta ao trânsito, permitindo que os motoristas que vem do Centro acessem a via sem precisar seguir até a entrada do Engenho do Mato, como vinha acontecendo.

O secretário Axel Grael fez suas observações sobre o que está sendo feito no trecho 6. Ele adiantou que será criado um posto de informação sobre a obra.
“Estamos abrindo mais uma frente de obras aqui. Viemos ao local com vários órgãos da Prefeitura que se fazem aqui presentes. Temos certeza que essa obra, como qualquer outra, vai trazer um pouco de inconveniente para as pessoas, mas que isso será minimizado da forma que possamos incomodar apenas naquilo que seja inevitável. Temos a experiência de outros trechos que foram feitos, a população já sabe como funciona, a obra está indo muito rápida, depois que terminar o ganho será muito grande. Vamos fazer da melhor forma possível para termos o mínimo de desconforto para a população. Teremos um posto de informação sobre obra, bem sinalizado, com pessoas e bastante material com todas as informações necessárias para tirar as dúvidas dos moradores e dos interessados”, explicou.

Participaram também da visita o secretário municipal de Obras, Vítor Júnior; o diretor da Emusa, Lincon Silveira; o administrador regional da Região Oceânica, Carlos Roberto Boechat, além do diretor operacional da NitTrans, coronel Alexandre Cony




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: