Torcida do Fla compra 250 mil camisas em pré-venda

A ansiedade da torcida do Flamengo pelo novo uniforme do clube foi refletida nos números da pré-venda iniciada há cerca de duas semanas. Até o final da noite da última quinta-feira, segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, pouco mais de 250 mil camisas fabricadas pela Adidas já haviam sido vendidas em sites especializados e lojas que disponibilizavam o sistema antes mesmo da divulgação do material.

Este primeiro lote distribuído pela empresa alemã, porém, ainda não será idêntico ao apresentado na quinta e que será utilizado pelos jogadores. Grande parte dos cerca de 250 mil uniformes vendidos virá com a parte da frente “lisa”, sem as estampas da Caixa Econômica Federal, patrocinadora master.


Confira as fotos do lançamento do novo unifmorme do Flamengo10 fotos

1 / 10

Jogadores do Flamengo posam com a nova camisa da Adidas ao lado da atriz global Carolina Dieckmann durante lançamento nesta quinta Alexandre Vidal/Fla Imagem

A justificativa da empresa alemã é que tais camisas começaram a ser confeccionadas antes mesmo da oficialização da parceria entre Flamengo e Caixa. Com isso, o uniforme do primeiro lote terá apenas as estampas de Peugeot (acima do número, nas costas) e Tim (dentro do número, também nas costas).

Adidas ‘assustada’ com procura
Tanta procura neste primeiro momento já causa uma preocupação na Adidas. Assustada com a enorme procura na pré-venda, a empresa alemã trabalha dobrado para dar conta das quase 300 mil peças vendidas – número que deve ser alcançado até o final desta semana.

Fla encerra mistério e apresenta camisa com show, clima de balada e globais

  • Pedro Ivo Almeida/UOLAcabou o mistério. Cinco meses após assinar o contrato com a Adidas, o Flamengo apresentou, na noite da última quinta-feira, seu novo uniforme com a marca da nova fornecedora de material esportivo. Com clima de balada, presenças de globais e direito a show do cantor Jorge Ben Jor, o evento foi realizado em uma casa de eventos na Lagoa, zona sul do Rio de Janeiro

Por sua vez, o Flamengo espera não ter problemas com a distribuição da nova fornecedora de material esportivo. O clube alertou a Adidas em duas ocasiões sobre a expectativa sobre o lançamento e uma possível busca acima da média de vendas da empresa.

R$ 2,5 milhões de receita
Preocupado, o Flamengo sabe que uma falta de camisas no mercado poderia diminuir as receitas por royalties gerados nas vendas. Só é um primeiro momento, o Flamengo já arrecadou mais de R$ 2,5 milhões por conta dos altos números da pré-venda. Para cada camisa comercializada, o clube da Gávea ficará com cerca de R$ 10 – valor referente aos 10% do preço de lojista (R$ 100).




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: