Se EI comprar Brasileirão, Record fica com direito da tv aberta

Por essa ninguém esperava. A Turner, dona dos canais Esporte Interativo (EI) no Brasil, deverá comprar, também, os direitos do Brasileirão na tv aberta a partir de 2019.Com isso, a Record ficaria com a transmissão. A previsão é de que a Globo não se interesse, como uma forma de retaliação aos “rebeldes”.

Turner topou incluir no contrato uma cláusula que obriga o canal a comprar também os direitos para TV aberta. Pelo acordo que está sendo costurado, a Turner pagaria R$ 600 milhões pela transmissão em TV fechada e mais cerca de R$ 210 milhões pelos direitos em sinal aberto.

Para assinar o contrato, a empresa quer a participação de no mínimo oito clubes. Sete tem conversado desde início das negociações. São eles, Santos, Fluminense, Grêmio, Internacional, Coritiba, Atlético-PR e Bahia, que está na Série B. O São Paulo passou a participar depois das conversas, ao mesmo tempo em que negocia com a Globo




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: