CIDADES NOTÍCIAS

São Gonçalo quer montar projeto semelhante ao Segurança Presente

banner

O programa “Segurança Presente”, que alcança vários bairros no Rio e já gerou uma sucursal em Niterói, pode chegar as ruas de São Gonçalo no próximo ano.

Na tarde desta terça-feira (13), coordenadores do programa apresentaram um projeto-piloto ao prefeito José Luiz Nanci (PPS); aos secretários de Governo e de Segurança Pública, Rodrigo Miranda e Felipe Brito; aos vereadores Diney Marins (PPS), Alexandre Gomes (PSB), Jalmir Junior (PRB), e à chefe de gabinete do prefeito, Eliane Gabriel.

A ideia é começar no centro da cidade, com uma equipe de 36 policiais militares e 20 agentes civis, a um custo mensal de R$ 650 mil.

“Vamos seguir o exemplo da cidade do Rio de Janeiro, que, através da Fecomércio, vem mantendo o programa nas ruas. São Gonçalo precisa de mais segurança. Estamos buscando meios para garantir mais tranquilidade à nossa população”, garantiu o alcaide, pronto para sair de pires na mão em busca de parcerias.

Posts Relacionados

Crise afeta mercado editorial, diz presidente de sindicato

REDAÇÃO

Valor do seguro obrigatório cairá 63,3% em 2019

REDAÇÃO

Bolsonaro diz que terá parceria com Israel para dessalinizar água

REDAÇÃO

Esse site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Assumimos que você esteja de acordo com isso, caso contrário você pode fazer opt-out if se desejar. Aceito Leia Mais