Rádio Globo se renova e ganha uma nova programação

No início do dia, entre 8h e 11h, entrevistas, debates com o ouvinte e momentos musicais, tudo sob o comando leve de Otaviano Costa — que também cantará e tocará piano com seus convidados. No fim, próximo à meia-noite, especialistas como Charles Gavin e Maurício Valladares analisam vida e obra de artistas escolhidos por eles. Os dois programas, respectivamente “No ar com Otaviano Costa” e “Em cartaz”, são exemplos da nova cara da Rádio Globo, mais voltada para entretenimento — numa receita que, além de muita música, inclui esporte e informação. A estreia é hoje no site (radioglobo.globo.com) e no aplicativo da emissora. No dial, será ainda na primeira quinzena de junho — a data exata não foi definida.

 — Percebemos que a Rádio Globo estava pedindo uma atualização da programação, (estava) com uma cara muito parecida com a da década de 1990 — explica Marcelo Soares, diretor geral do Sistema Globo de Rádio. — Fomos pesquisar o mercado para entender a realidade do rádio, as necessidades e vontades do ouvinte no Brasil. Com base nessas pesquisas, montamos esse novo formato.

Entre os dados levantados, chamou a atenção o fato de 98% das pessoas que consomem áudio no Brasil ouvirem rádio — seja no aparelho (55%), no carro (43%), no receptor FM do celular (40%) ou pela rede do smartphone (17%).

— Esses números mostram que mesmo com todas as multiplataformas, é surpreendente a força do veículo — avalia Otaviano Costa, um dos símbolos da nova cara da Rádio Globo. — Meu programa foi pensado muito em experiências americanas, como o “On air with Ryan Seacrest”.

A nova programação inclui ainda atrações como o informativo “Café das seis” (6h às 8h); as variedades do “Papo de almoço” (11h às 14h), sob o comando de Leo Jaime, Mônica Martelli, Adriane Galisteu, Tiago Abravanel e Claudio Manoel; e o esporte com bom humor do “Zona mista” (18h às 20h).

 




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: