Quase tudo pronto para o Carnaval de Niterói

Faltando apenas dois dias para o início dos desfiles oficiais na Rua da Conceição, no Centro de Niterói, o trabalho é a palavra de ordem no novo galpão situado na Avenida Feliciano Sodré, no Ponto Cem Réis, que está sendo usado por 18 das 29 agremiação filiadas à União das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Niterói (Uesbcn) como local de preparação. A maioria das 29 desfilantes que se apresentarão nas noites de domingo, segunda e terça-feira de Carnaval, mantém equipes que cuidam dos últimos detalhes para que tudo corra bem na apresentação.

O novo “barracão” das escolas funciona em um galpão alugado pela Prefeitura de Niterói em substituição ao antigo, situado no antigo quartel do Exército, no Barreto, onde está sendo erguida a nova sede da Guarda Municipal. O galpão deverá ser usado até dezembro desse ano. A redução da distância no transporte para o local de desfiles, que minimiza riscos de danos das alegorias, está entre as vantagens apontadas pelos sambistas. O presidente da Uesbcn, André Nogueira, revelou que os representantes das agremiações filiadas, mais uma vez, conseguiram vencer as dificuldades com muito trabalho, para proporcionar um espetáculo com novidades.

“Procuramos melhorar e oferecer novas opções ao público, que a cada ano, é mais numeroso, e reúne famílias inteiras na Rua da Conceição”, afirmou André. Existiram critérios para a cessão do espaço – as 18 escolas do Grupo Principal e do Grupo de Acesso, que estavam no antigo galpão, tiveram prioridade na ida ao novo local, que tem mil metros quadrados.

A União das Engenhoca, que desfila no Grupo de Acesso e apresentará um enredo sobre a miscigenação brasileira, trabalha diariamente com um grupo para dar acabamento ao carro alegórico e o Tripé que serão levados ao local de desfiles. “Nossa ideia é que tudo esteja concluído no fim de semana”, afirmou o presidente da agremiação, Anderson Canela.

O vice-presidente da Folia do Viradouro, Marcelo Di Serpa, acredita que a melhoria das condições estruturais é fundamental para que a festa ganhe projeção cada vez maior. “Os sambistas estão procurando se sofisticar com os novos padrões de organização. Quando há estímulo, tudo flui melhor”, afirmou ele. A folia do Viradouro é a atual campeã do Carnaval e esse ano, desenvolve o enredo sobre a culinária.

Desde abril do ano passado, a diretoria executiva da Uesbcn trabalha em prol da organização dos desfiles, que são feitos em parceria com a empresa Niterói, lazer e Turismo (Neltur). Uma das novidades implantadas pelos sambistas é a lavagem da Rua da Conceição, que será feita por baianas das escolas filiadas à Uesbcn, antes da abertura oficial do Carnaval. A outra é a apresentação da Acadêmicos do Cubango e Viradouro, que voltam a fazer desfiles ‘de cortesia’ – sem alegorias, ao público de Niterói.

Estrutura
A Rua da Conceição começou a receber ontem a estrutura para a passagem das agremiações. O local terá arquibancadas e grades para receber o público e também o sistema de iluminação reforçado. A área de desfiles terá cerca de 500 metros e vai da Rua Visconde do Rio Branco (concentração) até a Visconde de Sepetiba.




%d blogueiros gostam disto: