DESTAQUE NITERÓI NOTÍCIAS

Procon Estadual autua 21 lojas no Plaza Shopping em Niterói

banner

O Procon Estadual realizou, nesta quarta-feira (07/11), a primeira ação da Operação 15 de Novembro fiscalizando 30 lojas do Plaza Shopping, em Niterói, e autuando 21 delas. Entre as irregularidades encontradas, a mais recorrente foi a ausência de preços visíveis para o consumidor em produtos à venda, constatada pelos fiscais em 15 estabelecimentos.

Duas lojas não apresentaram o alvará de funcionamento: Chifon e Taco. Já a Commcenter foi autuada, entre outros problemas, por ter um cartaz expositor de preços que tinha o preço à vista em fonte menor do que a do valor da parcela na compra a prazo.

As nove lojas que não apresentaram irregularidades são: Aviator, Constance, Contém 1g, Fast Shop, Lulean, Mr. Cat, Ponto Frio, Prata e Prata e Vivara. O nome da operação é uma referência à Rua 15 de Novembro, onde fica o Plaza Shopping.

Balanço da Operação 15 de Novembro:

1 – Antonella: Ausência de preços em produtos expostos à venda e Livro de Reclamações não autenticado.

2 – Cassia: Ausências de preços em produtos expostos à venda, do cartaz informando endereço e telefone do Procon Estadual e do cartaz do Livro de Reclamações.

3 – Centauro: Ausências do cartaz informando endereço e telefone do Procon Estadual em local visível e do cartaz do Livro de Reclamações. Livro de Reclamações não autenticado.

4 – Chifon: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do alvará de funcionamento.

5 – Commcenter: Cartaz expositor de preços apresentava o preço à vista em fonte menor do que a do valor da parcela. Livro de Reclamações não autenticado. Ausência de preços em produtos expostos à venda.

6 – Cyclone: Ausências de preços em produtos expostos à venda e dos cartazes do 151 e do Livro de Reclamações.

7 – Farm: Ausências de preços em produtos expostos à venda, do Livro de Reclamações e do seu respectivo cartaz.

8 – Garage Vintage: Ausências de preços visíveis em produtos expostos à venda e do cartaz do Livro de Reclamações.

9 – Livraria Saraiva: Ausências de preços visíveis em produtos expostos à venda e do cartaz do Livro de Reclamações.

10 – Maha Man: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

11 – Mercatto: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

12 – Natura: Ausências de preços em produtos expostos à venda, dos cartazes do Livro de Reclamações e do 151.

13 – O Boticário: Ausências dos cartazes do Livro de Reclamações e do 151.

14 – Panna: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

15 – Puket: Ausência do Código de Defesa do Consumidor.

16 – Quem Disse, Berenice?: Ausências de preços em produtos expostos à venda e do cartaz com endereço e telefone do Procon Estadual.

17 – Samsung: Ausência do Livro de Reclamações.

18 – South: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

19 – Taco: Ausências do alvará de funcionamento e do cartaz com endereço e telefone do Procon Estadual.

20 – TIM: Livro de Reclamações não autenticado.

21 – Valeria Daflon: Ausências de preços em produtos expostos à venda e dos cartazes do Livro de Reclamações e do 151.

Posts Relacionados

Campanha da Fraternidade 2017 tem início hoje, quarta-feira de cinzas (01)

REDAÇÃO

Janot decide revogar imunidade de Joesley e avalia prisão

REDAÇÃO

49 pontos de imunização em Niterói estarão abertos das 8h às 17h, no início da vacinação fracionada

REDAÇÃO

Esse site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Assumimos que você esteja de acordo com isso, caso contrário você pode fazer opt-out if se desejar. Aceito Leia Mais