Prefeitura de Niterói não repassa verba e a Biblioteca Parque está com as portas fechadas

Biblioteca será reaberta nesta sexta-feira

A Biblioteca Parque de Niterói está com as portas fechadas. O prefeito Rodrigo Neves não cumpriu  o convênio de repasse de verba anunciado com muito alarde .

O Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG) dispensou todos os funcionários na semana passada porque a Prefeitura de Niterói, que em dezembro renovou convênio com a Secretaria Estadual de Cultura para garantir o funcionamento do espaço, deixou de fazer o pagamento de R$ 150 mil mensais para a manutenção do equipamento cultural.

Com a biblioteca estadual fechada na Praça da República, onde foi fundada nos anos 30, ficaram prejudicados cerca de 600 frequentadores que ali vão todos os dias fazer pesquisas, estudar ou ler algum dos milhares de livros do acervo.  A biblioteca oferecia, ainda, cursos e atividades para crianças, dispondo de um acervo múltiplo, diversificado, com filmes e livros. Também a Academia Fluminense de Letras (AFL) está sem poder usar sua sede ali instalada. A AFL completa em junho cem anos de existência.

Em dezembro de 2015, o prefeito Rodrigo Neves assinou um convênio com o governo do Estado para garantir o funcionamento da Biblioteca Parque de Niterói. Ao longo de 2016, os repasses mensais de R$ 160 mil foram feitos com atraso, o que chegou a ocasionar novo fechamento da biblioteca. Em dezembro passado, o prefeito renovou o convênio com a Secretaria Estadual de Cultura, mas pagou somente R$ 180 mil em fevereiro, em vez dos R$ 450 mil de dispêndio previsto para os três primeiros meses do ano.

 




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: