full screen background image




Prefeitura anuncia mais de meio bilhão em investimentos

Plano de investimentos é lançado em Niterói

O prefeito Rodrigo Neves anunciou nesta segunda-feira (09/04), no Teatro Popular Oscar Niemeyer, que a Prefeitura de Niterói investirá R$ 526,5 milhões nos próximos dois anos nas áreas de infraestrutura, mobilidade, reordenamento urbano, saúde, educação, esportes e cultura. Durante a cerimônia, o prefeito assinou a ordem de início das intervenções que terão começo neste mês de abril e a liberação de recursos para outros projetos. Também informou que no biênio 2018/2019 sairão do papel obras grandes, como a reurbanização da Alameda São Boaventura, obras de contenção de encostas na Ilha da Boa Viagem, Santo Antônio e Caramujo e a construção de um complexo esportivo público na Concha Acústica.
“Temos um governo transparente, que não tem medo de prestar contas à sociedade e de ser fiscalizado. Nesses cinco anos estimulamos a participação dos niteroienses no nosso planejamento estratégico e é isso que estamos fazendo hoje. Estamos lançando um plano de investimento robusto que visa desenvolver, de maneira integrada, diversas áreas da nossa cidade, como a infraestrutura, mobilidade urbana, saúde e educação”, explicou o prefeito.
O bairro Santo Antônio, na Região Oceânica, receberá obras de infraestrutura, drenagem, urbanização, pavimentação e transformação urbana orçadas em R$ 86 milhões. A prefeitura também fará obras de infraestrutura, drenagem, pavimentação e contenção de encosta no Caramujo, com investimento de R$ 28 milhões.
Outra obra será a implantação do novo Horto do Barreto, com o primeiro Jardim Japonês de Niterói e um parque público nos moldes do que foi feito no Horto do Fonseca, orçados de R$ 1,5 milhão.
A contenção da encosta da Ilha da Boa Viagem, com investimento de R$ 6 milhões, também foi contemplada.
Projetos – O maior investimento será para o projeto de reurbanização da Alameda São Boaventura, no Fonseca, que irá consumir R$ 90 milhões. O prefeito assinou a liberação de recursos para o projeto executivo das obras que farão intervenções de reurbanização e mobilidade.
A Prefeitura também informou que a Praça Arariboia, no Centro, e as orlas de Icaraí e Charitas também receberão obras de reurbanização, com ciclovias, novos quiosques e paisagismo ainda este ano. O projeto executivo prevê investimento de R$ 35 milhões.
Foram liberados recursos para o edital de chamamento para a gestão do espaço Nova Geração, que oferecerá atividades esportivas e culturais, além de cursos de capacitação, nos dois CIEPs que foram municipalizados no Fonseca e no Cantagalo.
A prefeitura também informou que investirá R$ 7 milhões para a restauração do prédio dos escoteiros na ilha e das escadarias de acesso, são fundamentais para que a ilha, um importante ponto turístico da cidade, seja reaberta ao público.
O evento marcou ainda o lançamento do projeto da construção de um ginásio público esportivo na Concha Acústica, com investimento de R$ 10 milhões.
“Esse é um plano de ação que vai guiar os investimento na cidade pelos próximos três anos. Diante de uma crise sem precedentes, a gestão teve coragem, se planejou e tomou as medidas de austeridade necessária a para garantir novos investimentos sem aumentar impostos ou cortar programas sociais”, apontou a secretária municipal de Planejamento, Modernização da Gestão e Controle, Giovanna Victer.
O pacote de investimentos também inclui as PPPs do Mercado Municipal e da Iluminação Pública e o Parque Orla de Piratininga.



Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: