Ponte Preta 2×1 Vasco: Mesmo jogando com um a mais, cariocas tomam virada e crise se aprofunda

00O poço parece não ter fundo para o Vasco da Gama. Depois de poupar jogadores na Copa do Brasil, quando foi eliminado pelo Goiás, a equipe cruzmaltina não conseguiu se valer de um homem a mais durante metade do segundo tempo e cedeu a virada para a Ponte Preta no final do jogo e perdeu por 2 a 1.

A derrota não apenas afundou ainda mais os cariocas, como deram um fôlego para os ponte-pretanos, rivais diretos na luta contra o rebaixamento. Todos os gols da partida foram marcados por jogadores do time paulista, já que o primeiro tento foi contra.

O jogo começou com muita tensão, pois as duas equipes estão na Zona de Rebaixamento e atuam no fim do Brasileirão para fugir do descenso. Aos 15 minutos, Yotún cruzou bola da esquerda e o zagueiro Diego Sacoman tentou afastar, mas colocou pro fundo das redes. A torcida da casa ficou apreensiva com a possível derrota que poderia aproximar ainda mais a Ponte da Série B. No intervalo, houve briga nas arquibancadas e torcedores visitantes forma vistos arremessando pedras no setor dos rivais.

Na segunda etapa, parecia que os campineiros não conseguiriam reagir. Com 18 minutos, o time ficou com um a menos, já que Ferron foi expulso por discussão com Yotún. Mesmo com a expulsão, os mandantes empataram a partida com um bom chute de Adrianinho, aos 35. Logo na sequência, Ney foi mais cedo pro chuveiro depois de colocar a mão na bola. A situação se complicou de vez para o Vasco quando, no último minuto, Uendel arriscou um chute de fora da área e o goleiro Alessandro aceitou, decretando a virada.

As duas equipes agora têm 33 pontos, abrindo a Zona do Rebaixamento, mas os paulista estão em vantagem por terem um gol a mais. Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta outro rival direto: o Criciúma, em Santa Catarina. Já os vascaínos recebem o Coritba, que também luta para fugir da degola.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: