Planalto inicia exoneração de aliados de deputados que traíram Temer

O governo deve publicar, ainda nesta semana, uma série de exonerações de servidores que foram indicados por deputados que votaram a favor da continuidade da denúncia contra o presidente Michel Temer.

De acordo com a coluna Painel, do site do jornal Folha de S. Paulo, mais de 20 nomes são analisados pelo governo. A previsão é de que as lideranças da base aliada substitutos para os servidores que serão cortados.

+ Maia quer votar reforma da Previdência até início de setembro

O deputado Beto Mansur levará ao Planalto a lista infiéis na votação da denúncia contra o presidente nesta terça-feira (8). O parlamentar fará um comparativo com a estimativa de apoio que o governo tinha para a reforma da Previdência antes do recesso.

Ainda segundo o jornal, vários deputados tentaram fazer um último apelo contra as exonerações, pedindo que Temer considerasse o “histórico” de parceria e não apenas o posicionamento no dia da votação.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: