Oscar sai do banco e inicia vitória brasileira sobre a Zâmbia

oscar-brasil-zambia-mowaO Brasil de Luiz Felipe Scolari segue boa campanha para a Copa do Mundo de 2014. Após a derrota para a Suíça, em agosto, o time brasileiro alcançou sua quarta vitória consecutiva nesta terça-feira (15).

Em amistoso disputado no estádio Ninho do Pássaro, em Pequim, a seleção brasileira venceu a Zâmbia por 2 x 0, com gols de Oscar e Dedé. No primeiro tempo da partida, com apenas Daniel Alves, David Luiz, Paulinho e Oscar do time considerado “titular”, o Brasil pouco criou e não saiu do 0 x 0 com a Zâmbia. Nas poucas oportunidades criadas, o destaque foi o goleiro Kennedy, que fez algumas boas defesas. Na segunda etapa, Oscar e Hulk, titulares na Copa das Confederações entraram no time brasileiro junto de Jô.

O time melhorou e não demorou muito para que o Brasil abrisse o placar. Em chute travado da entrada da área, Oscar, aos 13 minutos, fez 1 x 0 para o Brasil. Sete minutos depois, Neymar sofreu falta na saída de área, pelo lado esquerdo. O próprio Neymar cobrou na cabeça de Dedé, que marcou o segundo gol brasileiro. Craque da seleção, o camisa 10 brasileiro, Neymar, deixou o gramado aos 34 minutos da segunda etapa para a entrada do jovem Bernard, recentemente negociado com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Em sua primeira participação, o jogador tabelou com Maxwell e deixou Oscar na cara do gol. O meia do Chelsea, no entanto, não aproveitou a oportunidade e chutou muito fraco, para fácil defesa de Kennedy.

Agora, a seleção brasileira volta a jogar nas datas Fifa de novembro, muito provavelmente contra as seleções de Honduras e Rússia. Os jogos ainda serão confirmados pela CBF.

 

 

FICHA TÉCNICA
BRASIL 2 X 0 ZÂMBIA

Local: Estádio Ninho do Pássaro, em Pequim (China)
Data: 15 de outubro de 2013, terça-feira
Horário: 8h45 (de Brasília)
Árbitro: Fan Qi (China)
Gols: BRASIL: Oscar, aos 13, e Dedé, aos 20 minutos do segundo tempo

BRASIL: Diego Cavalieri; Daniel Alves, Dedé, David Luiz (Henrique) e Maxwell; Lucas Leiva, Paulinho (Hernanes), Ramires (Oscar) e Lucas (Hulk); Neymar (Bernard) e Alexandre Pato (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari

ZÂMBIA: Kennedy Mweene; Kabaso Chongo (Jimmy Chisenga), Hichani Himonde, Bronson Chama e Emmanuel Mbola; Fwayo Tembo (Noah Chivuta), Chisamba Lungu (Bruce Musakanya), Khondwani Mtonga e Chris Katongo (Joseph Musonda); Emmanuel Mayuka (James Chamanga) e Jacob Mulenga (Roger Kola). Técnico: Patrice Beaumelle




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: