DESTAQUE ESPORTE FLAMENGO

Oposição do Flamengo critica Bandeira em venda de Paquetá: “Menor compromisso com a vitória”

banner

Chapa UniFla, que tem Rodolfo Landim como candidato, questionou a negociação do camisa 11 para o Milan na reta final do Brasileirão. Clube está na terceira colocação e briga pelo título

Destaque do Flamengo na temporada, Lucas Paquetá está de saída para o Milan. Apesar de continuar no clube carioca até o fim da temporada, a negociação não caiu bem com a oposição meses antes da eleição. O Chapa UniFla, que tem Rodolfo Landim como candidato, se manifestou sobre a venda do camisa 11.

Em cinco itens, o grupo não aprovou esse acerto feito pela diretoria nesta reta final do Campeonato Brasileiro, competição que o Rubro-Negro está na terceira colocação e briga pelo caneco com Palmeiras, Inter, São Paulo e Grêmio. Confira abaixo as contestações:

1) É inacreditável que façam isso na reta final do Brasileiro, demonstrando que a diretoria atual não tem o menor compromisso com a vitória.

2) É inaceitável que a venda tenha sido feita por um valor abaixo da multa. E, no mínimo questionável, que tenha acontecido a 82 dias do final da gestão atual. Qual o critério para se abrir mão da possibilidade de um valor maior?

3) Tal fato se agrava com a participação de um VP do Futebol – e candidato à presidência do clube – que recentemente deu declarações sobre a possível venda do atleta, já planejando a aquisição de possíveis substitutos. Nunca é demais lembrar que uma parcela significativa das negociações fica com empresários, advogados, etc. É difícil entender que o clube venda o nosso melhor jogador para comprar outros, havendo ainda perda de dinheiro.

4) O timing da transação é um enigma. Ou a negociação foi fechada e não comunicada para que não atrapalhasse os objetivos eleitorais do presidente Bandeira; ou é um castigo que ele quer impor ao associado e ao torcedor em função do fracasso nas urnas. O que é pior? Ele saber e não contar, ou fechar depois da apuração como forma de punir quem não votou nele?

5) Na nossa visão, craque o Flamengo faz em casa. Mas, na atual administração, o craque feito em casa é vendido de qualquer forma, e o dinheiro é jogado no lixo.

 

Posts Relacionados

Vasco marca no fim e arranca empate diante do Santos

REDAÇÃO

Festa da Padroeira do Brasil movimenta Santuário de Aparecida

REDAÇÃO

Vereadores suplentes tomam posse na Câmara Municipal de Niterói

REDAÇÃO

Esse site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Assumimos que você esteja de acordo com isso, caso contrário você pode fazer opt-out if se desejar. Aceito Leia Mais