Capa » ÚLTIMAS NOTÍCIAS » BLOG DO CLAUDIO » Novo atraso : entrega do corredor BHS da Transoceânica é novamente adiada

Novo atraso : entrega do corredor BHS da Transoceânica é novamente adiada

Novamente a  entrega do corredor BHS da Transoceânica, que estava prevista para o segundo semestre deste ano, foi adiada — sem maiores explicações — para o primeiro trimestre de 2018. Os sucessivos atrasos no maior projeto em curso na cidade, porém, não são uma exceção. Na gestão Rodrigo Neves, 15 das principais obras atrasaram. A prefeitura admite o problema, mas alega que, por vezes, as mudanças de prazos são necessárias.

A Transoceânica é um caso emblemático da elasticidade dos prazos na atual gestão. Na assinatura da ordem de início da obra, em setembro de 2014, a informação era que ela seria concluída em dois anos, ou seja, setembro de 2016. Os prazos foram paulatinamente expandidos até a última previsão, ano passado, de que todo o corredor entraria em funcionamento no fim deste ano. A abertura do túnel Charitas-Cafubá estava programada para novembro do ano passado, mas acabou empurrada para os primeiros meses desse ano.

Em novembro, mesmo sem que os acessos ao túnel estivessem prontos, o prefeito Rodrigo Neves comandou uma grande solenidade com direito a travessia do túnel em carro aberto. O evento chegou a ser tratado pelo governo como uma inauguração da obra. Porém, devido à repercussão ruim, o discurso foi alterado, e a solenidade passou a ser tratada apenas como entrega das galerias.

Além da Transoceânica e do túnel, estão no rol de projetos com prazos estourados a reurbanização da Rua Coronel Moreira César, em Icaraí; a revitalização do Parque das Águas; a construção da Plataforma Digital da Engenhoca; a macrodrenagem da Avenida Romanda Gonçalves, em Itaipu; o bicicletário da Praça Araribóia; e a garagem subterrânea de Charitas (construída pela concessionária Niterói Rotativo). Todas deveriam ter ficado prontas no primeiro mandato de Rodrigo, segundo os prazos estabelecidos inicialmente pela prefeitura.

Além dessas, outras obras já entregues atrasaram: é o caso da emergência do Hospital Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, que estava prevista para setembro de 2014, mas só ficou pronta em junho de 2016. A reforma da emergência do Hospital Carlos Tortelly foi prometida para maio de 2014, mas ficou pronta em novembro do mesmo ano. Também na Saúde, a ampliação da Unidade de Urgência Mário Monteiro deveria ter sido entregue no primeiro semestre de 2015, mas só acabou em abril de 2016. As reformas do Getulinho e do Carlos Tortelly tinham outras etapas em execução.

A primeira parte da revitalização do Horto do Fonseca também atrasou: projetada para abril de 2015, a obra terminou em agosto. A segunda etapa foi entregue em novembro de 2015, dentro do prazo estabelecido. Já o Skatepark de São Francisco foi prometido para novembro de 2014, mas entregue em janeiro de 2015.

O grande número de obras atrasadas revela falhas de planejamento e projeto na hora de realizar as licitações. Em nota, a prefeitura lamentou as mudanças nos cronogramas das obras, mas ressaltou tratar-se de um procedimento por vezes necessário. Disse ainda que se orgulha do volume de obras realizadas e por estar com suas contas em dia.

As falhas de execução nos projetos já tiveram impactos significativos na cidade em outras gestões. É o caso do mergulhão da Avenida Marquês do Paraná, no Centro. A obra foi iniciada sem projeto executivo, e uma série de modificações teve que ser feita já com os serviços em curso. Isso fez com que o atraso na entrega chegasse a 16 meses

Um caso curioso envolve a Cidade da Ordem Pública, nova sede da Guarda Municipal. A entrega da obra foi prometida para março de 2016, mas, após sucessivos adiamentos, só foi inaugurada em novembro, com uma série de problemas. Diante disso, no começo de fevereiro, a prefeitura deu ordem de reinício ao contrato com a empreiteira Zadar, responsável pela construção do prédio, a contar de 4 de janeiro deste ano.

 

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Powered by Dragonballsuper Youtube Download animeshow