full screen background image




Messi é o Bola de Ouro, pela 5ª vez; Wendell Lira é o Brasil

Argentino conquista a quinta Bola de Ouro, à frente de Ronaldo (2.º) e Neymar (3.º)

A distância entre Lionel Messi e os demais, ao menos em termos de premiações individuais, voltou a aumentar. Nesta segunda-feira, o argentino confirmou seu favoritismo com 41,33% dos votos e recebeu, na festa de gala da Fifa, sua quinta Bola de Ouro na carreira. Mesmo sem ter vencido nenhum título no ano, Cristiano Ronaldo ficou com o vice, batendo Neymar por 27,76% a 7,86% na disputa decisiva.

A conquista deixa Messi ainda mais isolado como o grande vencedor do prêmio. Vencedor da Bola de Ouro entre 2009 e 2012, ele é o único do planeta a levar a honraria cinco vezes na carreira. Atrás dele, com duas conquistas a menos, estão Cristiano Ronaldo, Zidane e Ronaldo.

E ninguém poderá dizer que foi injusto. Com gols decisivos e grandes atuações, Messi foi o grande nome da temporada brilhante do Barcelona, que venceu no mesmo ano o Espanhol, a Copa do Rei e a Liga dos Campeões pela segunda vez em sua história – o argentino, não por acaso, também estava lá na primeira vez que isso aconteceu, em 2011.

“É um momento muito especial, estar de novo aqui neste palco, vencendo a Bola de Ouro depois de ver o Cristiano Ronaldo vencer pela audiência. Muito mais do que qualquer coisa que possa ter sonhado quando criança, quero agradecer a todos que me acompanharam no futebol, meus companheiros de equipe. Quero agradecer ao futebol por tudo que ele me trouxe, as coisas boas e ruins, por todo o crescimento”, disse Messi.

Os eleitores da Bola de Ouro, no entanto, não se encantaram tanto pelos principais colegas de Messi. Mesmo sem vencer nenhum título no ano, Cristiano Ronaldo ficou com a segunda colocação, batendo Neymar na disputa. Suárez, o terceiro nome do tridente catalão, sequer havia chegado ao top 3, o que irritou vários fãs do clube e do jogador pelo planeta. O colégio eleitoral do prêmio é formado por capitães e técnicos das seleções, além de jornalistas de vários países selecionados pela France Football.

OUTROS PREMIADOS

– Carli Lloyd, a camisa 10 dos Estados Unidos é a melhor jogadora do mundo em 2015
– Wendell Lira, desconhecido até no futebol brasileiro, foi o vencedor do prêmio torcedores, com o gol mais bonito do ano. O dia 11 de janeiro de 2016 vai ficar para sempre na memória de Wendell Lira. Afinal, o jogador, que atualmente defende o Vila Nova, desbancou ninguém menos que Messi para conquistar o Prêmio Puskas de 2015. Outro jogador concorrente era Alessandro Florenzi, da Roma. Wendell Lira tem 27 anos, era desconhecido no Brasil e disputava o Estadual pelo Goianésia quando acertou um voleio-bicicleta. Mas, o jogador não esperava chegar ao topo do mundo.
– A seleção do ano: No ataque, nenhuma surpresa: O trio Messi, CR7 e Neymar. Meio de campo: Iniesta, Modric e Pogba. E na defesa, maioria brasileira! Os premiados foram: Daniel Alves, Sérgio Ramos, Thiago Silva e Marcelo. Melhor goleiro de 2015: Manuel Neuer, pela terceira vez consecutiva.
– Técnico do ano no futebol feminino: Jill Ellis, técnica da Seleção dos Estados Unidos
– Técnico do ano no futebol masculino: Luis Enrique, venceu quase tudo que disputou em 2015 pelo Barcelona.



One thought on “Messi é o Bola de Ouro, pela 5ª vez; Wendell Lira é o Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: