full screen background image




Justiça mantém depoimento de Lula marcado para amanhã

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) negou o pedido feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e manteve o depoimento do petista na Justiça Federal de Curitiba para esta quarta-feira (10). Os advogados de Lula solicitavam a suspensão do processo criminal em que ele é réu.

Com a decisão, o ex-presidente ficará frente a frente com o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato em primeira instância, para responder sobre o processo no qual é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O interrogatório está marcado para ás 14h de amanhã.

Autor do pedido de suspenção da audiência, o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin, argumenta que a Petrobras anexou cerca de 100 páginas poucos dias antes do interrogatório de Lula. Por isso, ele afirma que não houve tempo hábil para que a defesa fizesse a análise dos documentos.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: