Jemerson marca duas vezes, e Galo goleia o Flamengo

000Em um jogo cheio de alternativas, o Galo foi mais eficiente e emplacou uma goleada no Horto no duelo contra o seu rival carioca váilido pela 27ª rodada do Brasileiro. Marcelo (contra), Jemerson (duas vezes) e Dátolo marcaram para o Atlético. Paulinho descontou para o Fla. Ainda na primeira etapa antes do placar ser alterado, Victor pegou um pênalti cobrado por Alan Patrick.

Com a vitória, o Alvinegro soma 52 pontos e se mantem a cinco de distância do líder Corinthians. Por outro lado, o Rubro-negro cai para a 6ª posição, com 41 unidades na tabela de classificação. O próximo desafio do Galo será fora de casa contra o Joinville, no domingo, às 16h. Também pela 28ª rodada, o Rubro-negro tem o clássico contra o Vasco, no mesmo dia e horário, no Maracanã.

O jogo

O primeiro tempo foi impressionante no Horto. O Galo pressionava no campo de ataque, mas foi o Fla quem teve a primeira chance. Após lançamento longo, Cirino recebeu na área e foi derrubado por Victor, aos 10 minutos. Alan Patrick bateu fraco e Victor fez a defesa.

A pressão do Galo surgiu efeito aos 16 minutos. Após cruzamento da esquerda, Marcelo se assustou com a presença do adversário e testou contra o próprio gol. Sem sentir o tento sofrido, o Fla partiu para cima e chegou ao empate três minutos mais tarde.  Canteros recebeu na área, tocou por elevação para Paulinho, que pegou de primeira. A bola desviou na zaga e tirou qualquer possibilidade de defesa para Victor.

O time de Levir Culpi continuou com a sua intensidade ofensiva habitual em casa e, aos 25 minutos, a bola parada funcionou mais uma vez. Dátolo bateu falta de longe, Jemerson subiu mais alto que Samir, e marcou para o time da casa.

Com as duas equipes marcando no campo de ataque, ambos os times tiveram chances na primeira etapa. Na mais clara delas, no último lance do primeiro tempo, Guerrero recebeu na área,  mas a zaga do Galo afastou a bola antes da finalização do peruano.

O Fla tinha a posse de bola no início do segundo tempo. Entretanto, novamente, o fantasma da bola aérea iria assustar a zaga rubro-negra mais uma vez. Aos 10 minutos, após cobrança de córner de Dátolo, Jemerson novamente subiu mais alto que a zaga e marcou seu segundo na partida.

O Alvinegro cresceu no duelo e, aos 26 minutos, Dátolo fez uma pintura no Horto. Ele deu um drible sensacional em Pará, olhou a posição do goleiro e mandou a redonda no ângulo de Paulo Victor para garantir a goleada.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: