Grêmio vence e aumenta crise do Flu

Enfrentando um time misto do Grêmio, o Fluminense sofreu com sua própria ineficiência, pouco criou e acabou perdendo para o Grêmio por 1 a 0, após sofrer gol aos 41 minutos da segunda etapa.

O placar só ficou inalterado na primeira etapa por conta de grande atuação justamente do goleiro do Tricolor das Laranjeiras, que salvou o time em pelo menos três oportunidades, com excelentes defesas à queima-roupa.

Apesar do controle gremista, quem assustou mais na volta do intervalo forma os visitantes. O Tricolor das Laranjeiras teve três oportunidades em sequência, com Henrique Dourado e Reginaldo, mas parou em Marcelo Grohe.

Sofrendo na área de criação, o time carioca acabou punido nos últimos minutos, quando Beto da Silva aproveitou cruzamento da esquerda e desviou, matando Cavalieri, que ainda tocou na bola, antes de a redonda entrar.

O resultado, somado ao empate do Botafogo contra o Vitória, no Estádio Nilton Santos, deixa o Fluminense na 14ª colocação do Brasileirão, a apenas um ponto da zona de rebaixamento.

O JOGO

O Grêmio foi para cima do adversário, tanto que o goleiro Diego Cavalieri saiu de campo como o principal destaque do jogo. A primeira boa chance aconteceu logo aos sete minutos. Jael recebeu de Ramiro na pequena área, mas mandou por cima do gol.

A partir daí começou a brilhar a estrela do goleiro tricolor. Aos 14 minutos, Patrick cobrou escanteio, Jael desviou e Everton parou em Cavalieri, à queima-roupa. A bola ainda sobrou na cabeça do próprio atacante, que viu o camisa 12 fazer um milagre na Arena.

O Grêmio seguiu pressionando e teve um gol anulado pela arbitragem aos 35 minutos. Léo Moura recebeu dentro da área e deu de calcanhar para Patrick marcar. O árbitro, no entanto, marcou impedimento do lateral. Antes ao apito final, o meia recebeu livre para fazer o gol, mas Diego Cavalieri salvou mais uma.

O panorama mudou no segundo tempo. O Fluminense colocou a bola no chão e sufocou o Cruzeiro nos minutos iniciais. Aos sete, Douglas fez bela jogada e deixou com Henrique Dourado. O atacante chutou para grande defesa de Marcelo Grohe, que espalmou para fora. Na cobrança de escanteio, o goleiro evitou por pouco um gol olímpico de Scarpa.

O time carioca ainda perdeu uma grande oportunidade com Reginaldo. O zagueiro recebeu belo cruzamento de Scarpa, mas mandou para fora. Só que no fim acabou castigado. Aos 40 minutos, Everton jogou a bola na área, Orejuela desviou e viu Beto da Silva empurrar para o gol.

Após a parada de dez dias para a realização dos últimos dois jogos das Eliminatórias para Copa do Mundo 2018, o Grêmio volta a campo no dia 11 de outubro, às 21h45, diante do Cruzeiro, na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS). No dia seguinte, às 17 horas, o Fluminense faz o clássico diante do Flamengo. O local do duelo ainda não foi definido.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 FLUMINENSE

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rafael Traci
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Pedro Martinelli Christino
Renda/Público: R$ 502.985,00/ 17.582 (total)
Cartões amarelos: Pedro Geromel (GRE); Frazan (FLU), Lucas (FLU);
Gols: Beto da Silva, do Grêmio, aos 41 minutos do segundo tempo;

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Bruno Rodrigo e Cortez; Cristian (Jailson), Arthur, Ramiro, Patrick (Jean Pyerre) e Everton; Jael (Beto da Silva). / Técnico: Renato Gaúcho

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Reginaldo, Frazan e Léo; Orejueja, Douglas (Peu) e Wendel (Marcos Júnior); Sornoza (Richard), Gustavo Scarpa e Henrique Dourado./ Técnico: Abel Braga




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: