full screen background image




Goleada e primeira vitória brasileira na Copa América

O Brasil fez o que se esperava e goleou o Haiti por 7 a 1, nesta quarta-feira (8), no estádio Citrus Bowl, em Orlando. O placar, icônico por conta do vexame que a Seleção sofreu para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, garantiu a primeira vitória da equipe no Grupo B da Copa América Centenário. Na estreia, o time canarinho não teve atuação de destaque e empatou por 0 a 0 com o Equador.

A Seleção Brasileira teve domínio absoluto da partida e passeou no estádio Citrus Bowl. A primeira chance de gol surgiu aos dois minutos, em falta próxima à área que Willian chutou por cima da meta.

A superioridade brasileira logo foi convertida em gol. Aos 13, Coutinho avançou pela esquerda e limpou a marcação antes de chutar no canto direito, sem chances de defesas para o goleiro Placide.

Aos 28, Daniel Alves partiu em velocidade pela direita e cruzou para Jonas. O atacante trombou com a defesa haitiana e tocou para Coutinho, que estava na frente da meta e só teve o trabalho de empurrar para o gol.

O Brasil fechou a etapa inicial com mais um gol. Aos 34, Daniel Alves fez cruzamento preciso da ponta direita para que Renato Augusto cabeceasse para as redes.

Sem aprovar a atuação de Jonas, Dunga iniciou o segundo tempo com Gabigol comandando o ataque da Seleção. Aos três minutos, o santista surgiu em condições de finalizar no centro da área, mas Willian não viu o companheiro e optou por um chute cruzado.

Não demorou muito para que outra chance aparecesse para Gabigol. Aos 13, Elias tocou para o atacante na ponta esquerda e viu o jovem chutar cruzado, fora do alcance de Placide. O quarto gol levou Dunga a adotar um caráter mais ofensivo, substituindo Casemiro por Lucas Lima. Aos 22, o meia do Santos mostrou ao que veio e completou para o gol um novo cruzamento feito por Daniel Alves.

O Brasil, no entanto, pecou ao dar espaços e Nazon recebeu passe pela esquerda, dentro da área, e chutou em cima de Alisson. O goleiro deu um rebote para o lado e permitiu que Marcelin descontasse, aos 24 minutos.

Aos 40, Renato Augusto avançou sem ser incomado e finalizou colocado, no canto direito de Placide, para anotar o sexto.

Já nos acréscimos, Coutinho fez um belo gol e selou a goleada brasileira.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: