Gerson marcar duas vezes e coloca o Fluminense na semifinal da Primeira Liga

Em partida que marcou a estreia de Levir Culpi, válida pela terceira rodada da primeira fase da Primeira Liga, o Fluminense venceu o Criciúma por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (10), no Estádio Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG) e garantiu vaga na semifinal do torneio. Com os resultados, o Fluminense pega o Internacional na semi. A outra semifinal será entre Atlético-PR e Flamengo.

Se o Tricolor das Laranjeiras precisava de um triunfo para carimbar o passaporte para a próxima fase, o cartão de visitas foi um gol aos 4 minutos. Eduardo cobrou escanteio, Renato Chaves desviou de cabeça e a bola sobrou limpa, na direção do Gerson, que completou para o fundo das redes: 1 a 0.

A partir deste momento, o jogo ficou concentrado no meio de campo, burocrático e sem grande emoções. Aos 21 minutos, o Fluminense voltou a buscar a meta do Criciúma. Léo Pelé cruzou na segunda trave na direção de Gerson, que desviou sem direção. Aos 25, novamente Gerson levou perigo. O camisa 11 foi lançado na ponta direita, invadiu a área e chutou levando perigo ao gol de David. Enquanto o Fluminense administrava a partida, o Criciúma não se encontrava em campo para chegar à defesa do Tricolor.

Se a vida da equipe de Santa Catarina não estava fácil, piorou aos 32 minutos, quando o Fluminense chegou ao segundo tento. Novamente Gerson, o meia desta vez se aproveitou da indefinição da defesa, tirou do goleiro David e só acompanhou a bola entrar mansa no gol: 2 a 0. No final do primeiro tempo, as ações tricolores seguiam passando pelo pé do camisa 11. Vale lembrar que essa foi a primeira vez que Gerson anotou dois gols na mesma partida. O jogador não marcava desde a vitória contra o Vasco por 1 a 0, em novembro de 2015.

A segunda etapa começou com o Criciúma melhor que na primeira etapa e, aos 7 minutos, o goleiro Diego Cavalieri trabalhou pela primeira vez na partida. Roger Guedes surpreendeu Cavalieri em cruzamento, e o goleiro teve dificuldades para defender. Aos 10 minutos, os catarinenses quase diminuem. Roger Guedes se livrou da marcação e cruzou rasteiro e Gum salvou por cima do gol.

A equipe catarinense melhorou na segunda etapa, mas não conseguiu transformar as chances em gol. O Fluminense, por sua vez, administrou o resultado e garantiu vaga na semifinal da Primeira Liga.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: