Funaro revela que recebeu dinheiro de Joesley para ficar em silêncio

O operador Lúcio Bolonha Funaro, que fechou acordo de delação premiada, revelou que recebeu dinheiro do empresário Joesley Batista, da JBS, para permanecer em silêncio. O delator disse que foi comprado para não revelar o que sabia sobre corrupção e movimentação ilegal de recursos por parte de influentes políticos do país.

De acordo com o jornal O Globo, a delação de Funaro traz revelações importantes que devem alimentar a denúncia que o procurador-geral da República Rodrigo Janot prepara para apresentar contra o presidente Michel Temer.

No mês passado, em depoimento à Polícia Federal, Funaro confirmou que recebia pagamentos de Joesley Batista, mas afirmou que se tratavam da quitação de uma dívida antiga. No entanto, os investigadores não acreditaram na explicação. O operador decidiu colaborar com a revisou as declarações anteriores, ratificando a narrativa do dono da JBS.

Joesley Batista revelou que vinha fazendo pagamentos regulares a Funaro e ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o empresário disse que os pagamentos eram para comprar o silêncio de Funaro e Cunha, uma forma de proteger o presidente e alguns auxiliares.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: