Fluminense vence por 2 a 1 o Vitória e sobe na tabela

Com boa atuação da dupla de ataque Richarlyson e Henrique Dourado, o Fluminense venceu o Vitória neste sábado, no Maracanã por 2 a 1, em jogo válido pela 4ª rodada do Brasileirão. O time de Abel aproveitou erros individuais da equipe baiana e conquistou os três pontos que o fizeram pular para a 3ª posição do campeonato, empatado com o Coritiba no número de pontos (nove), mas com dois gols a menos de saldo (quatro a dois). O líder é o Corinthians, com 10 pontos.

Já o time treinado por Petkovic resistiu, mas viu nas falhas de jogadores de defesa um bom resultado ir por água abaixo. Assim, permanece na zona de rebaixamento, em 17º, com apenas um ponto conquistado.

O Tricolor volta a campo nesta terça-feira, às 20h, para enfrentar o Atlético Paranaense, de novo no Maracanã, em jogo válido pela 5ª rodada do Brasileirão. O Vitória enfrenta o São Paulo, na quinta-feira, no Morumbi.

O jogo: Flu não vacila e aproveita falhas individuais

O primeiro tempo foi morno, com os times mostrando pouca criatividade e muitos erros. O Flu só foi se encontrar em campo aos 30, quando teve a primeira chance real: Henrique Dourado invadiu a área pela esquerda e centrou para Scarpa, que pegou mal. Mesmo assim, a bola beijou o travessão do Vitória. Dois minutos depois, o time de Abel Braga abriu o placar, em uma saída errada do Rubro-Negro baiano. Scarpa roubou a bola do estreante Thallyson e tocou para Richarlyson. Da meia-lua, o atacante girou e acertou um bonito chute, sem chances para o goleiro.

O Flu controlava a partida, mas não ameaçou mais o gol do Vitória no primeiro tempo, que por sua vez, insistia em chutes de fora da área, como o de Fred, aos 41, que passou longe da meta tricolor.

O segundo tempo começou bem mais agitado. Antes do primeiro minuto, Scarpa cruzou e Renato cabeceou para boa defesa de Fernando Miguel. O Vitória respondeu segundos depois, com chute de Gabriel Xavier, que entrou no intervalo. Júlio César fez a defesa em dois tempos.

O Flu continuava mandando no jogo e fez o segundo gol aos 4 minutos. Richarlyson roubou a bola na esquerda e cruzou para área. A bola parecia fácil para ser cortada pelo zagueiro Alan Costa. Mas o defensor do Vitória furou e a bola chegou perfeita para Henrique Dourado chutar deslocando o goleiro e ‘ceifar’ seu 6º gol no Campeonato Brasileiro, se distanciando na tábua de artilharia.

O Tricolor passou a dar espaço para o Vitória, que chegou no seu gol após a entrada de outro estreante, o atacante Neilton. Em dois minutos, o ex-jogador do Botafogo incendiou o jogo e, aos 20, deu lindo passe que enganou a linha de impedimento da defesa tricolor. Restou a Kieza, sozinho, invadir a área e tocar na saída de Júlio César.

O Fluminense dava espaço para o Vitória trocar passes. Mas aos 29 minutos o jogo voltou ao controle do Tricolor, com uma boa subida que quase acabou em um golaço de Richarlyson, em chute de primeira que foi por cima do gol. No minuto seguinte, uma linda jogada. Dourado passou para Scarpa que tocou para Richarlison. O atacante fez um corta-luz e Wendell entrou na área sozinho pela esquerda, chutando para defesa de Fernando Miguel. No rebote, Richarlyson tentou, mas o goleiro fez nova intervenção.

O Flu adiantava a marcação, diminuindo o ímpeto do Rubro-Negro baiano e não aumentou o placar por pouco. Nos acréscimos, o garoto Matheus Alessandro deixou Marcos Júnior livre na pequena área. O atacante driblou o goleiro, mas ficou sem ângulo. Mesmo assim, o chute levou perigo, a bola atravessou as duas traves do Vitória, mas não quis entrar.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 X 1 VITÓRIA

Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Renda e Público: 13.801 presentes/R$ 248.700,00

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)

Cartões amarelos: Leandro Salino, Paulinho, David e Fred (VIT)

Gols: Richarlison – 32’/1ºT (1-0), Henrique Dourado 4’/2ºT (2-0), Kieza 20’/2ºT (2-1)

FLUMINENSE: Júlio César; Lucas, Reginaldo, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel (Luiz Fernando – 43’/2ºT) e Renato (Matheus Alessandro – 33’/2ºT); Scarpa, Richarlison (Marcos Junior – 39’/2ºT) e Henrique Dourado.
Técnico: Abel Braga

VITÓRIA: Fernando Miguel; Leandro Salino (Gabriel Xavier – intervalo), René, Alan Costa, Fred e Thallyson; Uillian Correia, Patric e Cleiton Xavier (David – 28’/2ºT); Paulinho (Neilton – 18’/2ºT) e Kieza. Técnico: Petkovic




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: