Fluminense supera o Internacional nos pênaltis

O Fluminense se classificou para a decisão da Primeira Liga ao derrotar o Internacional, em disputa de pênaltis, por 3 a 2, depois de um empate por dois gols no tempo normal da partida disputada nesta quarta-feira (23) , no estádio Mané Garrincha.

O goleiro Diego Cavalieri acabou se tornando o herói tricolor ao defender duas cobranças. O jogo foi muito movimentado e o resultado espelhou o rendimento das duas equipes durante os 90 minutos.

Osvaldo marcou os dois gols do Fluminense, enquanto Vitinho anotou os tentos da equipe do Rio Grande do Sul.

O primeiro tempo mostrou um Inter bem diferente daquele do Campeonato Gaúcho: ao invés da pressão forte pelos lados e da velocidade, o Colorado mostrou uma defesa recuada e aposta na posse de bola nos contra-ataques.

Enquanto isso, o Fluminense de Levir Culpi buscava jogadas pela lateral, aproveitando as infiltrações de Scarpa e Gérson dentro da área para finalizar.

Gérson quase abriu o placar aos quatro minutos do primeiro tempo, em um chute dentro da área. Outro lance de perigo do Fluminense aconteceu quando Osvaldo finalizou dentro da área aos 20 minutos. Porém, foi o Inter quem abriu o placar aos 24 minutos: após uma longa troca de passes na intermediária ofensiva, Artur cruzou para dentro da área, Anderson errou em bola e Vitinho pegou o rebote: 1 a 0.

O plano colorado era sustentar a pressão do Fluminense e jogar na velocidade nos contra-ataques, mas durou pouco. Aos 29 minutos, Osvaldo recebeu a bola no lado esquerdo da área, chutou e Muriel levou o gol no meio das pernas: 1 a 1.

No intervalo, Magno Alves saiu para a entrada de Marcos Júnior. O Fluminense manteve a pressão pelas laterais, tentando surpreender a zaga colorada. Aos 13 minutos, Jonathan passou por dois jogadores e fez um bom cruzamento para Marcos Júnior, que chutou para boa defesa de Muriel.

O Inter ficou 50 minutos sem finalizar, entre os 31 minutos do primeiro tempo e os 36 minutos do segundo, quando Sasha aparou um cabeceio de Marquinhos. Ainda assim, a equipe colorada conseguiu o empate: aos 40 do segundo tempo, Sasha passou para Andrigo dentro da área. O garoto chutou e Diego Cavalieri deu rebote. Vitinho pegou e botou para dentro, 2 a 2.

Nos pênaltis, Scarpa e Sasha acertaram as primeiras cobranças para Fluminense e Inter. Vitinho chutou a segunda na trave para o Inter. Cícero chutou no ângulo e deixou o Flu em vantagem. Marquinhos chutou forte no canto inferior esquerdo para o segundo gol do Inter. Marcos Júnior manteve a vantagem para o Flu com um chute forte no ângulo esquerdo.

Diego Cavalieri defendeu o pênalti de Jackson, e Felipe Amorim só precisava acertar para levar o Flu à final, mas Muriel defendeu. Anderson precisava marcar para manter o Inter na disputa, mas Cavalieri defendeu. Foi a festa tricolor no estádio.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: