Fluminense empata com o Atlético-PR

O Fluminense empatou com o Atlético-PR por 1 a 1 e segue sem vencer há sete jogos. Com o resultado, a equipe Tricolor chegou a 8ª posição com 49 pontos e ultrapassou o Grêmio que ainda joga contra o São Paulo, na próxima quinta-feira, no Morumbi. Aos gritos de “time sem vergonha”, a equipe Tricolor fica cada vez mais distante de uma classificação para a Libertadores 2017.

Com o resultado, o Fluminense fica em oitavo, com 49 pontos. O Atlético-PR, em sexto, com 52 pontos, segurou um importante rival. Os dois times voltam a campo, domingo, às 17h. O Flu vai a Campinas encarar a Ponte Preta. Em Curitiba, o Atlético-PR recebe o Sport.

O JOGO

Pressionado para quebrar a incômoda sequência de derrotas fora de casa, o Atlético Paranaense teve um início de jogo melhor, com marcação alta e sem correr riscos na defesa. Aos sete minutos, Hernani cobrou falta de longa distância e quase abriu o marcador. Na sequência, foi a vez de Otávio aproveitar o erro do adversário e chutar forte. Boa defesa de Júlio César.

O Fluminense ameaçou apenas uma vez, quando Edson finalizou de fora da área e Santos defendeu. Porém, mesmo sem jogar melhor, foi o time carioca quem fez 1 a 0, quando Gustavo Scarpa, aos 28 minutos, cruzou na medida para Cícero desviar e balançar as redes. O gol deu novo ânimo ao clube tricolor, que quase ampliou com Gustavo Scarpa. O meia acertou belo chute de fora da área e por pouco não fez um golaço.

Revoltado à beira do campo, o técnico Paulo Autuori esbravejou contra o time e quase viu o empate com André Lima, em cabeceio defendido por Júlio César. A bronca do treinador não surtiu muito efeito. Logo no início do segundo tempo, Wellington driblou Rafael Galhardo e quase ampliou.

Somente aos 13 minutos o Atlético finalizou. André Lima recebeu passe de Lucho González e viu Júlio César fazer boa defesa. Aos 16, William Matheus derrubou Lucas Fernandes na área: pênalti. Hernani cobrou e empatou o jogo.

O gol fez com que o técnico interino Marcão agisse rápido, com duas mudanças. Em busca da vitória, Osvaldo e Richarlison entraram no jogo. Com três atacantes, o Fluminense perdeu o meio de campo e viu o Atlético crescer na partida. Aos 35 minutos, Nikão arriscou de fora da área e quase virou o placar.

Nos minutos finais, o jogo ganhou emoção, com várias chances perdidas. A primeira foi de Gustavo Scarpa, em cobrança de falta próxima à área, que foi mal executada. Aos 40, foi a vez do Atlético, quando Gum recuou de forma estranha e quase fez contra Na linha, Júlio César evitou o desastre. Nos acréscimos, pênalti. Gustavo Scarpa cobrou mal e Santos defendeu com o pé esquerdo para arrancar empate importante para os paranaenses.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 1 ATLÉTICO-PR 

Estádio: MAracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 15/11/2016 – 17h00 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Renda/público: 39.877 pagantes. 43.691 presentes. R$ 655.290.00.
Cartões amarelos: Wellington Silva (Fluminense), Paulo André (Atlético-PR), Pierre (Fluminense), Wellington (Fluminense), Nicolas (Atlético-PR) e Otavio (Atlético-PR).

GOLS: Cícero (Fluminense, aos 28′ do 1ºT) e Hernani (Atlético-PR, aos 16′ do 2º T).

Fluminense: Júlio César,Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Edson (Osvaldo), Cícero (Douglas), Marquinho (Richarlisson) e Scarpa; Wellington. Técnico: Marcão

Atlético-PR: Santos, Léo (Rafael Galhardo), Paulo André, Thiago Heleno e Nicolas; Otávio e Hernani; Lucho (Nikão), Pablo e Lucas Fernandes (Marcos Guilherme); André Lima. Técnico: Paulo Autuori




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: