Fluminense 0 x 0 Corinthians: Empate frio

003Em noite de chuva no Maracanã, Fluminense e Corinthians empataram em 0 a 0 pela 14ª rodada do Brasileirão 2013. A partida marcou o encontro entre os dois campeões dos últimos três anos do Brasileirão, o Fluminense em 2010 e 2012 e o Corinthians em 2011. Porém nessa quarta-feira o futebol digno dos últimos títulos não foi encontrado nos gramados cariocas. A partida foi movimentada, mas com poucas chances reais de gol.

Com o resultado o Corinthians caiu para 6ª posição com 22 pontos, já o Fluminense ocupa agora a 14ª posição com 15 pontos.

1º tempo de poucas emoções

Vindo de derrota no Fla-Flu do último domingo e pressionado por protestos nas Laranjeiras, o Flu veio a campo com jovens apostas de Luxemburgo. Além do esquema tático com três zagueiros, que pegou de surpresa o time de Tite, o tricolor apostou nos laterais Ronan e Igor Julião, que fizeram um bom primeiro tempo.

As pouco mais de 13 mil pessoas que estiveram presentes no estádio voltaram suas energias mesmo para a figura de Emerson Sheik. O atacante do Corinthians foi intensamente perseguido pela torcida tricolor durante todo o primeiro tempo. O autor do gol do título brasileiro do Fluminense em 2010 teve saída conturbada da equipe carioca, que certamente não foi esquecida pelos torcedores.

Aos 18 a melhor oportunidade do primeiro tempo: Romarinho trabalha na velocidade com Renato Augusto, que lança o artilheiro Alexandre Pato. Na velocidade o atacante ganha de Gum e chuta rasteiro, seco.  Diego Cavalieri se agacha para mandar a bola para longe no susto.

Outro bom momento do Corinthians foi aos 38, com o perseguido Emerson. O Sheik bateu de primeira após bola espirrada após arrancada de Fábio Santos. Cavalieri novamente faz boa defesa.

Expulsão de Gum

As equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, mas com maior motivação. Logo aos dois minutos o zagueiro Leandro Euzébio recebe bola na pequena área após cobrança de escanteio e dá furada lamentável.

Aos 11 minutos Felipe, claramente impedido, marcou de cabeça encobrindo Cássio, se aproveitando da escorada de Leandro Euzébio após cobrança de escanteio. Decisão acertada do bandeirinha.

Aos 17 minutos o lateral Igor Julião chutou cruzado da entrada da área, Cássio voou para espalmar com estilo e a bola sobrou na cabeça de Samuel, que cabeceou ao lado do gol vazio. O bandeirinha apontou equivocadamente impedimento no segundo lance.

A partir daí Corinthians passou a dominar o jogo, com maior volume, mas poucas finalizações. Emerson seguia sendo caçado em campo, não mais pela torcida, mas sim pelos atletas tricolores. Edinho fez duas faltas seguidas no atacante corintiano. Na primeira recebeu cartão amarelo, e um minuto depois fez falta semelhante, mas o juiz aliviou. A perseguição ao ensaboado atacante culminou na expulsão de Gum. O zagueiro entrou violentamente de carrinho quando o Sheik puxava um contra ataque ainda no meio de campo. Cartão vermelho direto.

Com um a mais em campo o Fluminense tratou de se defender como pôde até o final. Tite arriscou colocando Douglas, Ibson e Danilo, para ganhar volume no meio de campo. As mudanças não surtiram o efeito desejado, exceto no último lance da partida, quando Emerson recebeu bola de cara a cara com Cavalieri, matou no peito e tocou no cantinho. Esperto, Cavalieri esperou momento exato para escolher o canto certo e mandar para escanteio, garantindo o empate.

Na próxima rodada o Fluminense vai até Recife enfrentar o Náutico na Arena Pernambuco, sábado às 18h30. Já o Corinthians recebe o Coritiba no Pacaembu, domingo no Pacaembu às 16h.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: