Flu não toma conhecimento do rival e vence o Vasco por 3×0

Flu vence o Vasco por 3×0 no Nilton Santos e estreia com pé direito na Taça Guanabara. Wellington Silva, Henrique Dourado e Marcos Junior fizeram os gols do jogo. Vasco saiu de campo vaiado pela torcida.

Equlibrado até a parada técnica para reidratação dos atletas, Vasco e Fluminense faziam um duelo aberto no Nilton Santos. A pausa para tomar uma água e refrescar o calor carioca fizeram bem à equipe de Abel Braga que tomou as rédeas do jogo e foi para cima do rival. Wellington Silva pegou a sobra de uma divida com Martin Silva e finalizou para abrir o placar aos 28.

Aproveitando dos sucessivos erros de posicionamento e saída de bola do Vasco, o Flu se alçou ao ataque ficou rodeando a área cruzmaltina. Sornoza fez um salseiro em cima da zaga vascaína e pifou Henrique Dourado – o Ceifador, que acabou com o jejum de gols e ampliou para o time das Laranjeiras.

Perdido em campo, o Vasco via sua torcida se enervar e reclamar do time. Na segunda etapa, o Gingante da Colina veio disposto a tentar diminuir e buscar o empate. Quando chegou à meta do Flu, esbarrou em Cavalieri ou falhou nas últimas bolas. Abel mexeu no time e deixou a formação tricolor mais defensiva para segurar a vantagem construída.

O Vasco se abriu e se jogou para frente tentando descontar. Isso gerou espaços para o Fluminense contra-atacar. E em uma escapa coletiva do ataque, Marcos Junior tocou na saída de Martin Silva e fez o 3º gol tricolor aos 39. O Flu ainda teve chances de ampliar, bem como o Vasco de diminuir, mas a estreia dos dois grandes terminou em triunfo tricolor.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 x 3 FLUMINENSE

VASCO – Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Henrique; Julio dos Santos, Andrezinho, Escudero (Guilherme Costa), Nenê e Éder Luís (Ederson); Thalles. Técnico: Cristóvão Borges.

FLUMINENSE – Diego Cavalieri; Lucas (Renato), Renato Chaves, Henrique e Leo; Douglas, Orejuela, Sornoza (Luiz Fernando) e Gustavo Scarpa; Wellington (Marcos Junior) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

GOLS – Wellington, aos 26, e Henrique Dourado, aos 31 minutos do primeiro tempo; Marcos Junior, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Nenê e Thalles (Vasco); Léo, Douglas, Renato Chaves e Orejuela (Fluminense).

ÁRBITRO – Rodrigo Nunes de Sá.

RENDA – R$ 353.060,00.

PÚBLICO – 11.043 pagantes (11.711 no total).

LOCAL – Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: