Flu é goleado no Maracanã e Enderson Moreira é demitido do cargo

000

A má fase do Fluminense parece longe de acabar. O Tricolor das Laranjeiras foi derrotado pelo Palmeiras, de virada, por 4 a 1, em partida disputada nesta quarta-feira (16), no Maracanã. O resultado fez com que a diretoria tricolor demitisse o técnico Enderson Moreira.

Diante do técnico Dunga, o Fluminense começou a partida no ataque e, logo aos dois minutos, Fernando Prass fez uma defesa difícil em cabeçada de Antonio Carlos. O rebote ficou com Cícero, mas o árbitro marcou impedimento. Logo depois foi a vez de Gerson arriscar de fora da área e obrigar o goleiro do Palmeiras a outra defesa difícil, espalmando para escanteio.

Muito recuado por causa da pressão tricolor, o Palmeiras encontrava  dificuldade para organizar jogadas de ataque. Alecsandro, inclusive, o mais adiantado da equipe, era obrigado a recuar até seu campo para participar do jogo.
Aos oito minutos, Gerson arrancou para a área e foi derrubado por Egídio. Jean bateu com violência, mas a bola encobriu o travessão da equipe paulista.

Por volta dos 15 minutos, o jogo caiu muito de ritmo por causa da irregularidade das duas equipes que erravam muitos passes e não criavam nenhuma jogada ofensiva.

Só aos 26 minutos é que a torcida se levantou no Maracanã. Gerson tabelou com Marcos Junior pela esquerda e cruzou rasteiro para a pequena área. Inteiramente livre, Fred bateu para fora, desperdiçando outra grande chance de gol do Fluminense.

Aos 36 minutos, o Fluminense marcou o primeiro gol. Após cruzamento na área, o zagueiro Jackson falhou ao tentar rebater e colocou a bola nos pés de Jean que chutou cruzado para colocar o time carioca na frente.

O Palmeiras retornou para o segundo tempo com Rafael Marques no lugar de Egídio. Zé Roberto passou a ocupar a lateral esquerda. O time paulista voltou um pouco mais ofensivo e criando chances de empatar com Gabriel Jesus e Alecsandro.

Aos 14 minutos, Cícero foi lançado na área e caiu após choque com o goleiro Fernando Prass. O árbitro marcou pênalti para revolta do goleiro palmeirense. Fred bateu no canto direito, mas mandou a bola para fora, desperdiçando a cobrança.

O lance animou o Palmeiras, que marcou o gol do empate, aos 23 minutos com Lucas Barrios. Melhor em campo, o Palmeiras desempatou aos 30 minutos. Após cruzamento na pequena área, Marcos Júnior não percebeu a aproximação de Gabriel Jesus, que desarmou o jogador tricolor e bateu para marcar o segundo. Aos 44 minutos, Antonio Carlos falhou de forma bisonha e Lucas Barrios se aproveitou para entrar na área e marcar o terceiro gol. Aos 47, em nova conclusão de Lucas Barrios, o Palmeiras fez o quarto.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: