Flamengo: vitória fora de casa e um passo a frente para a classificação

00O Flamengo não se intimidou com o fato de jogar no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), ontem à noite, e derrotou o Goiás por 2 a 1 pelo confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil. Com o resultado os flamenguistas deram um grande passo rumo à decisão, já que podem perder até por 1 a 0 na próxima quarta-feira, no Maracanã, que mesmo assim estarão classificados. Isso porque os gols anotados como visitante valem como critério de desempate.

Diante deste cenário, ao Goiás, que jogou desfalcado do atacante Walter, resta devolver o 2 a 1 e forçar os pênaltis, ou ganhar por dois ou mais gols de vantagem. Triunfo por um gol de diferença também serve aos goianos, mas a partir de 3 a 2. Paulinho e Chicão marcaram os gols dos cariocas, enquanto que Vítor descontou. O classificado vai duelar com o vencedor do encontro entre Atlético-PR e Grêmio. Ontem, no Paraná, o Furacão ganhou por 1 a 0.

Com o gramado muito molhado por conta das chuvas, as duas equipes preferiram se estudar no início do confronto. O jogo só começou a pegar fogo a partir dos 25 min, quando o Fla abriu o placar. André Santos acionou Paulinho na área. O atacante deu um belo drible em Rodrigo e chutou na saída de Renan.

Depois disso o que se viu foi uma forte pressão do Goiás, que quase empatou aos trinta minutos, quando Roni recebeu na área e chutou na rede pelo lado de fora. De tanto insistir o Goiás chegou ao empate aos 38 min. Júnior Viçosa se aproveitou de uma saída errada de bola de Elias, acionou Vítor pela direita e o lateral chutou no canto de Paulo Victor. Porém nem deu muito tempo para comemorar, pois dois minutos depois os cariocas voltaram a ficar em vantagem no marcador. Hernane foi derrubado na entrada da área e Chicão cobrou falta com perfeição, colocando a bola no canto direito de Renan: 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo o Goiás esteve mais presente no campo de ataque. Aos seis minutos William Matheus cruzou, Rodrigo dominou no peito, mas chutou sobre o gol.

Porém, com o passar do tempo, demonstrando grande cansaço, o Fla foi perdendo sua força de contra-ataque, mas se manteve firme atrás, diminuindo ainda mais os espaços do Goiás, que tinha grande dificuldade de criação. Tanto que o time só voltou a assustar aos 32, quando Paulo cruzou e William Matheus cabeceou para fora.

No fim, o Goiás aumentou a pressão e assustou. Aos 39 Welinton Junior chutou de fora da área e a bola raspou a trave de Paulo Victor. Dois minutos depois Welinton Junior recebeu cruzamento de William Matheus e escorou para fora, desperdiçando a chance do empate.

 

Veja os gols




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: