Flamengo vence Palestino no Chile na Copa Sul-Americana

Quando a fase é boa, tudo dá certo. Essa frase reflete o momento atual do Flamengo. Mesmo não tendo uma grande atuação e jogando com um time misto, o Rubro-negro derrotou o Palestino por 1 a 0, gol de Emerson Sheik, no estádio Monumental de Santiago do Chile, e deu grande passo para obter classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira. A equipe brasileira recebe os chilenos no Kleber Andrade, em Cariacica (ES), precisando apenas de um empate para avançar na competição. Quem se classificar encara o vencedor do confronto entre os argentinos do San Lorenzo e os venezuelanos do La Guaira.

O próximo compromisso do Flamengo será no domingo, às 16h, em Cariacica. O clube recebe o Cruzeiro, pelo  Campeonato Brasileiro. Na competição, o Flamengo está na vice-liderança, um ponto atrás do Palmeiras.

O JOGO

Quem esperava que o Flamengo começaria o jogo na defensiva se supreendeu ao ver Fernandinho fazendo grande jogada individual pela esquerda logo no primeiro minuto. O atacante chutou e a bola passou raspando a trave do goleiro Melo.

Aos 11 minutos, um susto. Muralha se chocou com o zagueiro Juan na área e cortou o lábio. Com muito sangue escorrendo de sua boca, o goleiro precisou ser atendido pela equipe médica do Flamengo e levou quatro pontos no intervalo.

O Palestino não atacava muito, preferindo se defender em bloco. O time chileno só levou perigo com um chute de longe com Carvajal aos 23 minutos. A bola desviou e quase enganou Muralha.

O restante do primeiro tempo foi todo rubro-negro. Aos 28, Fernandinho tabelou com Jorge e recebeu cruzamento na medida na pequena área. O chute desviou na zaga e bateu no pé da trave direta. Aos 37, Guerrero arriscou de longe, mas Melo defendeu. Dois minutos depois, Rafael Vaz pegou sobra de um escanteio e chutou com muito perigo.

O segundo tempo começou muito truncado e quem assustou primeiro foi a equipe local. Farías recebeu na entrada da área e arriscou o chute. A bola passou com muito perigo por cima da meta de Muralha.

Aos 22, o goleiro Muralha mostrou porque mereceu a convocação para a seleção brasileira. Após um petardo de Vidangossy, o goleiro fez linda defesa. Mas o Flamengo deu o troco cinco minutos depois. Guerrero fez linda jogada, deu um chapéu em Cereceda e chutou com força no travessão.

Quando o Palestino começou a apertar o Rubro-Negro, o técnico Zé Ricardo mostrou que tem estrela. Minutos após colocar Marcelo Cirino e Sheik em campo, a dupla brilhou. Cirino cruzou da direita, Guerrero dividiu com a zaga e a bola sobrou livre para Emerson deslocar Melo e abrir o marcador.

O Palestino ainda teve chance de empatar nos acréscimos, mas Muralha fez grande defesa nos pés de Benega e garantiu o triunfo rubro-Negro.

FICHA TÉCNICA

Palestino: Dario Melo, Francisco Sierralta, Ezequiel Luna, Benjamin Vidal e Cereceda; Agustín Farías, Esteban Carvajal e Franco Mazurek (Diego Torres); Vidangossy (Jason Silva), Benegas e Leonardo Valencia (Richard Paredes). Técnico:Nicolás Córdova

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Juan, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar, Alan Patrick (Chiquinho) e Mancuello (Emerson Sheik); Fernandinho (Marcelo Cirino) e Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

Local: Monumental de Santiago.
Público: 6.995 presentes.
Árbitro: Jonathan Fuentes (Uruguai).
Gol: 2º tempo – Emerson Sheik (33 minutos).
Cartão Amarelo: Rodinei (Flamengo).




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: