Flamengo vence e Leandro Damião faz três gols na vitória de 5 a 1 sobre a Portuguesa, pela Taça Rio

O time reserva do Flamengo atropelou a Portuguesa carioca em Volta Redonda na noite deste sábado (11), na estreia das duas equipes na Taça Rio, segundo turno do Estadual. Leandro Damião foi o destaque com três gols na goleada de 5 a 1. Juan e Lucas Paquetá completaram para os cariocas, e Marcão descontou para o time da Ilha do Governador.

O Flamengo assumiu a liderança do grupo B com três pontos, superando no saldo de gols o Nova Iguaçu e o Botafogo. Já a Portuguesa, que ainda não venceu no Estadual, deve fechar a rodada na lanterna do Grupo C.

O Jogo – O Flamengo entrou em campo com um time inteiramente reserva para encarar a Portuguesa. Mesmo sem seus principais jogadores, o Rubro-Negro não encontrou dificuldades para dominar o confronto diante da equipe que foi lanterna do Grupo C da Taça Guanabara, com dois empates e três derrotas no primeiro turno do Carioca.

Mesmo não mostrando o entrosamento dos titulares, os comandados de Zé Ricardo pressionaram a Lusinha desde o início da partida. Aos 4, Leandro Damião tentou se antecipar após um cruzamento da direita, mas o goleiro Luciano conseguiu afastar.

Aos 13, a defesa da Portuguesa começou a mostrar sua fragilidade. Na saída de bola pela esquerda, Jacozinho perde a bola, Márcio Araújo tabela com Gabriel e rola para Matheus Sávio, que devolve de calcanhar para o volante arriscar o chute da entrada da área, mas Luciano salvou o que seria um golaço.

O Flamengo seguiu criando oportunidades no ataque e aos 19 chegou ao primeiro gol. Gabriel cobrou escanteio curto pele esquerda, recebeu de volta e mandou na área. Vizeu não dominou e a bola sobrou para Juan tocar de calcanhar para a pequena área. Damião dominou, girou e mandou para o fundo da rede.

Após o gol, o Fla diminuiu o ritmo e permitiu o crescimento da equipe da Ilha do Governador, mas quando a Lusinha estava melhor em campo, sofreu o segundo. Rodinei avançou pela direita, se livrou do marcador e cruzou no segundo pau para Leandro Damião testar sozinho e marcar seu segundo gol na partida, aos 31.

A Portuguesa descontou em seguida. Falta cobrada pela esquerda, bola levantada na área. O zagueiro Marcão entrou entre Donatti e Juan e subiu sozinho para cabecear encobrindo Thiago.

Mas não deu nem tempo de comemorar e o Flamengo fez o terceiro, aos 35, em contra-ataque rápido. Renê lançou Matheus Sávio na esquerda, o meia levantou na área e Damião ajeitou para Vizeu, que cabeceou para o gol. Luciano defendeu parcialmente e Damião, com muita raça, foi lá e completou para o gol.

O Jogo continuou no mesmo ritmo no início do segundo tempo. Aos 6, Gabriel e Matheus Sávio tabelaram na ponta esquerda e o prata da casa levantou na área. Juan subiu mais que a zaga e acertou cabeçada certeira para fazer 4 a 1.

Com a ampla vantagem no placar, o Flamengo seguiu dominando a partida. Aos 24 e 29, o Rubro-Negro teve lances de gol anulados por impedimento.

No finzinho do jogo, Berrío escapou em velocidade, ia driblando o goleiro na entrada da área, mas Luciano deixou o pé e derrubou o atacante. Como era o último homem, levou o cartão vermelho e foi expulso. Lucas Paquetá cobrou a falta da meia-lua da área, e acertou o ângulo esquerdo para fechar a goleada. Como já tinha feito as três substituições, coube ao atacante Fabiano Oliveira, ex-Fla, assumir a função de goleiro.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: