Flamengo sai na frente com Guerrero, mas cede empate para o Boavista

Os erros vistos nos primeiros amistosos do Flamengo em 2016 foram repetidos neste sábado diante do Boavista, pela rodada de estreia do Campeonato Carioca. Quem foi ao estádio Giulite Coutinho nada ficou satisfeito com o empate por 1 a 1. Paolo Guerrero abriu o placar para o mandante no primeiro tempo e Leandrão anotou o empate na metade final.

Com o resultado, o Rubro-Negro Carioca sofre o seu primeiro tropeço desde que passou a disputar partidas oficiais. A equipe venceu o Atlético-MG, na quarta-feira passada, por 2 a 0, em pleno Mineirão, com dois gols do centroavante peruano. O time de Saquarema, por sua vez, inicia o ano embalado, maneira bem distinta da que terminou a participação na edição passada do Estadual.

O JOGO

O momento iluminado de seu centroavante é uma boa ilustração do que vem fazendo o Flamengo na temporada. O time de Muricy Ramalho conta com o trio formado pelo camisa 9 e os pontas Marcelo Cirino e Everton para incomodar os adversários. Os homens do setor ofensivo, ao lado de Willian Arão, foram os responsáveis por criar as melhores chances no tempo inicial. O estrangeiro, inclusive, foi quem abriu o placar.

Na volta do intervalo, o Rubro-Negro seguiu criando as melhores oportunidades, mas não foi eficiente nas conclusões. O zagueiro Wallace foi quem desperdiçou a principal chance do time no tempo regulamentar. Na verdade, foi o goleiro Vinicius quem conseguiu uma ótima defesa. O ditado é antigo, mas acabou se tornando uma verdade. “Quem não faz leva”. Depois de muitos erros de finalização, o Fla acabou punido. Leandrão aproveitou falha de Wallace e balançou a rede de Paulo Victor, garantindo o empate.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: