Flamengo perde de novo e encerra o ano ouvindo "É campeão"

A torcida do Palmeiras foi ao Maracanã preparada para gritar “é campeão”, ainda animada pelo título da Copa do Brasil na quarta-feira. E os poucos titulares que estiveram em campo neste domingo garantindo a vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, quebrando jejuns na despedida do Campeonato Brasileiro em ano de festa para o Verdão.

O Palmeiras não ganhava na competição há seis rodadas, desde que bateu o Avaí por 3 a 1 em 17 de outubro. O clube também não vencia na última rodada do Campeonato Brasileiro há dez anos. Mas graças a dois dos quatro titulares que estavam em campo os números mudaram.

Autor de dois gols na final da Copa do Brasil sobre o Santos, Dudu abriu o placar aos 26 minutos do segundo tempo e Vitor Hugo, aos 44, definiram o triunfo – o volante Matheus Sales e o veterano Zé Roberto foram os outros titulares que atuaram neste domingo. O Flamengo chegou a empatar com Pará, aos 31, aproveitando falha do goleiro Fábio, e sua torcida só pôde comemorar o terceiro rebaixamento do arquirrival Vasco.

O Palmeiras termina o Campeonato Brasileiro na nona posição, com 51 pontos, e volta a atuar em partida oficial em 31 de janeiro, estreando no Campeonato Paulista diante do Botafogo, em Ribeirão Preto. O Flamengo acaba a liga nacional em 12º, com 49 pontos, e atua também no último fim de semana de janeiro pelo Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, recebendo o Boavista.

O jogo – O aspecto amistoso da partida, aliado à empolgação pelo título de quarta-feira, serviu para o Palmeiras encaixar trocas de passes como não fazia há bastante tempo em Campeonatos Brasileiro. A presença de Dudu e Zé Roberto na linha de armação fez com que Alecsandro pudesse mostrar serviço.

Dudu se mexia intensamente, conseguia dribles e sempre buscava Zé Roberto para tabelar. A movimentação de Allione envolvia o Flamengo, claramente abalado pela tentativa de agressão a Alan Patrick na saída do hotel do elenco pouco antes do jogo. Quem se aproveitou foi Alecsandro, enfim se tornando importante no time.

Mas a primeira chance foi de um dos garotos que recebeu a oportunidade no Maracanã: Taylor, que recebeu livre de Zé Roberto na área e parou na defesa do goleiro Cesar, aos quatro minutos. Aos dez, nova troca de passes terminou em finalização de Alecsandro encobrindo o goleiro, mas indo para fora. Empolgado, o centroavante deu chapéu em Jajá e até lançamento de calcanhar para Dudu. O gol, porém, não saía.

O árbitro optou pela parada para hidratação dos jogadores, o que serviu para o Flamengo tentar buscar jogo. Isolado no ataque, Emerson Sheik pediu a seus colegas que adiantassem seu posicionamento e, inicialmente, isso deu espaços para o Verdão contra-atacar. Antes do intervalo, Sheik se machucou e foi trocado por Kayke.

Para o segundo tempo, o Palmeiras voltou mais firme na intenção de balançar as redes e quase atingiu seu objetivo. Aos três minutos, após cobrança de escanteio, Leandro Almeida subiu mais que a marcação e Pará salvou em cima da linha. O Flamengo, contudo, ajustou-se melhor com a troca de Jajá por Luiz Antonio, dificultando a troca de passes adversária e conseguindo dar trabalho ao goleiro Fábio.

Marcelo Oliveira resolveu renovar o fôlego de seu sistema ofensivo, trocando Allione e Alecsandro por Kelvin e Cristaldo, e o gol, enfim, saiu. Aos 26 minutos, Zé Roberto arriscou de longe e, no rebote, João Paulo cruzou com precisão para Dudu cabecear nas redes, abrindo o placar no Maracanã.

A festa, porém, não durou por muito tempo. Graças a Fábio. O goleiro tentou afastar cruzamento, mas acabou trombando com sua defesa e ficou com os brações esticados, apenas vendo Pará cabecear para o gol vazio, aos 31 minutos do segundo tempo. Mas Vitor Hugo aproveitou cobrança de falta de João Paulo para cabecear nas redes e garantir a vitória, aos 44.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 2 PALMEIRAS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 6 de dezembro de 2015, domingo
Hora: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartão amarelo: Juninho (Palmeiras)

Gols:
FLAMENGO: Pará, aos 31 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Dudu, aos 26, e Vitor Hugo, aos 44 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Cesar; Pará, Marcelo, Wallace e Jorge; Márcio Araújo, Jajá (Luiz Antonio), Gabriel (Marcelo Cirino), Everton e Alan Patrick; Emerson Sheik (Kayke)
Técnico: Jayme de Almeida

PALMEIRAS: Fábio; Taylor, Vitor Hugo, Leandro Almeida e João Paulo; Amaral e Matheus Sales; Allione (Kelvin), Dudu e Zé Roberto (Juninho); Alecsandro (Cristaldo)
Técnico: Marcelo Oliveira




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: