Flamengo empata com o Atlético no Mineirão

01O Flamengo pagou o preço por diminuir o ritmo no segundo tempo e acabou apenas empatando em 2 a 2 com o Atlético-MG, no Mineirão, neste sábado. Com uma atuação impecável nos primeiros 45 minutos de jogo, o Rubro-Negro foi para o vestiário na frente, mas não segurou o resultado – sofreu pressão e acabou se complicando no placar. Apesar de voltar para o Rio com um ponto na bagagem, o resultado é melancólico: deixa o sonho do hepta mais distante para os cariocas.

O primeiro tempo foi de domínio rubro-negro. Sem dar muitas chances para o adversário, Diego e Guerrero fizeram boa parceria e o meia abriu o placar aos 32 minutos. Mas a etapa final acordou o Galo para o jogo: a equipe de Minas dominou e conseguiu o empate, aos 34, com Robinho, de pênalti. Lucas Pratto foi o responsável pela virada do time da casa, logo depois. Quando tudo parecia perdido, o atacante peruano foi decisivo para o Flamengo mais uma vez e deixou tudo igual no placar.

Ainda na vice-liderança, com 62 pontos, o Flamengo volta a jogar no próximo sábado, contra o Botafogo. A partida está marcada para 17h, no Maracanã. Já o Atlético-MG, em terceiro, com 60 pontos, encara o Coritiba, no domingo, às 19h30, no Couto Pereira.

O JOGO

Quem assistiu aos primeiros lances logo achou que o jogo seria do Atlético-MG. Mas não demorou muito para perceber que, na verdade, os visitantes estavam em uma tarde inspirada. O Galo começou pressionando com Fábio Santos e Carlos César, sem muito perigo. Logo aos três minutos, porém, Guerrero mostrou que não ia ser coadjuvante na partida: escorou para Fernandinho, que chutou cruzado, obrigando Victor a defender. Na sequência, Diego cobrou escanteio, Gabriel ficou com a sobra e chutou forte.

A partir de então, o Flamengo dominou a partida. Por mais que o Atlético chegasse ao ataque, as chances mais perigosas partiam dos cariocas. A melhor chance dos donos da casa ficou com Fred, que, aos 10, chutou de fora da área. Muralha estava atento e defendeu no canto.

Guerrero e Diego eram os destaques rubro-negros, forçando a defesa adversária. E foi justamente a dupla responsável por abrir o placar no Mineirão. Aos 32, o peruano recebeu de Márcio Araújo, e achou o meia na entrada da área. O camisa 35 chutou cruzado e não deu chances para Victor evitar o gol: 1 a 0 para o Flamengo.

O gol fez a equipe visitante crescer ainda mais dentro de campo. Dois minutos depois, Diego fez boa jogada e Fernandinho chutou forte pela esquerda. Ainda antes do fim do primeiro tempo, Gabriel cruzou para Guerrero, que cabeceou com perigo.

O Atlético voltou melhor do intervalo. Logo no primeiro minuto, Otero cobrou falta e Muralha precisou fazer milagre para impedir que a bola entrasse. Logo depois, Junior Urso recebeu na área, mas novamente o goleiro do Flamengo estava atento para evitar que o adversário marcasse. Mas a melhor oportunidade foi mesmo aos 11, quando Robinho passou pelo arqueiro rubro-negro e ficou com o gol livre. Jorge apareceu para salvar.

O Flamengo apareceu aos 11, com Diego pela direita. O meia mandou para dentro da área e Erazo quase fez gol contra, mandando na trave de Victor. Mas o vacilo da zaga não foi suficiente para interromper o embalo alvinegro. Aos 22, Fred balançou as redes, mas teve o gol anulado por impedimento. A insistência surtiu efeito aos 34, quando Réver fez pênalti em Fred. Robinho cobrou e deixou tudo igual no Mineirão.

O gol deixou o Galo mais empolgado: cinco minutos depois, a estrela de Lucas Pratto brilhou. O argentino recebeu de Robinho, e esperou Muralha se adiantar para mandar para o fundo do gol e colocar o Atlético na frente: 2 a 1. Mas a festa não durou muito. Aos 44, a dobradinha entre Diego e Guerrero funcionou de novo: o meia chutou dentro da área, a sobra ficou com o peruano, que não pensou duas vezes e fechou o placar em 2 a 2.

ATLÉTICO-MG 2 X 2 FLAMENGO

Estádio: Mineirão
Árbitro: Braulio da Silva Machado
Gols: Diego (Flamengo, aos 32′ do 1ºT); Robinho (Atlético-MG, aos 36′ do 2ºT); Lucas Pratto (Atlético-MG, aos 41′ do 2ºT); Guerrero (Flamengo, aos 44′ do 2ºT)
Cartão amarelo: Alex Muralha (Flamengo)
Cartão vermelho: –

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos Cesar, Gabriel, Erazo e Fábio Santos; Leandro Donizete (LUcas Pratto, aos 18′ do 2ºT), Júnior Urso e Otero (Clayton, aos 37′ do 2ºT); Cazares (Luan, no intervalo), Robinho e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão (Leandro Damião, aos 42′ do 2ºT) e Diego; Gabriel (Emerson Sheik, aos 13′ do 2ºT), Fernandinho (Alan Patrick, aos 25′ do 2ºT) e Paolo Guerrero. Técnico: Zé Ricardo




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: