Flamengo derrota o Atlético-PR e volta para a liderança do grupo na Libertadores

O Flamengo está de volta a liderança do seu grupo na Libertadores. A equipe levou a melhor no duelo de rubro-negros no Maracanã e derrotou o Atlético-PR por 2 a 1. Como a Universidad Católica empatou com o San Lorenzo, o clube da Gávea chegou aos seis pontos e assumiu de forma isolada a ponta.

Os gols do Flamengo foram marcados na primeira etapa com Diego e Guerrero. No segundo tempo, o Furacão conseguiu diminuir com Nikão.

As duas equipes voltam a se enfrentar pela Libertadores. A partida acontece no próximo dia 26 na Arena da Baixada, em Curitiba.

O JOGO

O primeiro tempo foi de domínio do Flamengo no Maracanã. Com uma equipe mais organizada, o Rubro-Negro do Rio de Janeiro não teve dificuldades para construir uma vantagem sobre o Rubro-Negro do Paraná. Com 15 minutos já estava 2 a 0.

O Flamengo abriu o placar aos seis minutos, Trauco lançou, Guerrero ganhou na corrida da zaga e finalizou, Weverton defendeu, a bola acabou subindo e o peruano ganhou na cabeça de Thiago Heleno e tocou para o fundo das redes.

O gol não fez os donos da casa recuarem e o segundo não demorou a sair. Willian Arão fez bela jogada pela direita e cruzou, a bola passou por Trauco, mas não por Diego, que colocou a bola na gaveta de Weverton, que nada pode fazer.

Os cariocas ainda tiveram a oportunidade de ampliar antes do intervalo. Diego e Guerrero, autores dos gols, quase fizeram outros. Primeiro o apoiador finalizou novamente bem, só que desta vez, a bola carimbou o travessão. Depois, o peruano recebeu bom passe de Arão, mas chutou para boa defesa do goleiro do Furacão.

O segundo tempo começou com o Atlético-PR buscando mais o jogo. Logo nos primeiros minutos, Paulo Autuori colocou Grafiti na vaga de Eduardo da Silva. Aos 13 minutos, o Furacão diminiu. Lucho Gonzáles achou bem Douglas Coutinho, que finalizou cruzado, Nikão apareceu dentro da área para concluir.

O Flamengo teve um problema. Diego se chocou Deivid e acabou tendo que ser substituído por Matheus Sávio aos 20 minutos do segundo tempo. Aos 30 minutos, o Furacão chegou com perigo. Nikão fez boa jogada pela esquerda e tocou para João Pedro, que bateu cruzado para boa defesa de Muralha.

O Atlético-PR até chegou a balançar as redes de novo, mas o lance foi invalidado. Aos 45 minutos, Nikão desviou a bola para o fundo das redes, depois de desvio de Grafiti no meio do caminho, porém, o jogador estava impedido. O Furacão voltou a tentar, mas a partida terminou mesmo com vitória do Flamengo.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO 2 X 1 ATLÉTICO-PR

Local: Maracanã
Árbitro: Wilson Lamourox (COL)
Cartões amarelos: Deivid (ATP); Donatti e Pará (FLA)
Público e renda: 53.389 pagantes / 58.588 presentes / R$ 3.336.297,50
Gols: Guerrero, 6’/1°T (1-0); Diego, 15’/1°T (2-0); Nikão, 13’/2°T (2-1)

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará (Cuéllar, 42’/2°T), Réver, Donatti e Renê; Márcio Araújo, Arão e Diego (Matheus Sávio, 21’/2°T); Trauco, Gabriel (Cirino, 26’/2°T) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid (Luiz Otávio, 25’/2°T), Rossetto e Lucho (João Pedro, 29’/2°T); Coutinho, Nikão e Eduardo da Silva (Grafite, 11’/2°T). Técnico: Paulo Autuori.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: