Fla vence o Colorado

O Flamengo mostrou que a derrota na rodada passada foi esquecida ao vencer por 1 a 0 o Internacional, nesta quarta-feira (29), em Cariacica.  A partida foi disputado no Espírito Santo, em um estádio nitidamente superlotado.

O Fla começou a partida, mas tinha dificuldade em finalizar no gol do Internacional. Os gaúchos só avançavam nos contra-ataques, mas sem qualquer sucesso. No entanto, na primeira boa chance, os rubro-negros abriram o placar, aos 18 minutos. Após cruzamento pela direita, Guerrero escorou e Ederson cabeceou para a rede.

Mesmo após o gol, o Flamengo seguiu melhor em campo. Aos 30 minutos, os donos da casa quase chegaram ao segundo. Rodinei cruzou pela direita, mas Marcelo Cirino finalizou mal, facilitando a defesa de Muriel.

Depois disso, somente naos minutos finais, os rubro-negros conseguiram criar boa chances. Primeiro, Guerrero levou a melhor sobre Ernando no alto, mas cabeceou para fora. Depois, foi a vez de William Arão tentar o cabeceio, só que também não acertou o gol. Mesmo assim, o Flamengo foi para o intervalo a frente no placar.

No segundo tempo, o panorama da partida seguiu o mesmo. Os gaúchos só conseguiram criar sua primeira chance de gol na partida aos 15 minutos com Vitinho. A resposta do Flamengo veio quatro minutos depois. Everton ficou com a bola após bate e rebate, mas chutou em cima de Muriel.

Os lances animaram a partida. Com o passar do tempo, o Flamengo voltou a dominar a partida. Os rubro-negros continuaram a desperdiçar boa chances de gol, enquanto que o Internacional abusava dos erros e pouco incomodava Alex Muralha.Nos minutos finais, os rubro-negros administraram a posse de bola e comemoraram a vitória no Espírito Santo.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 0 INTERNACIONAL

Local: Estádio Kléber Andrade, Cariacica (ES)
Data-hora: 29/6/2016 – 19h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Réver (FLA), Fernando Bob (INT)
Gol: Ederson, 18’/1°T (1-0)

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei (Pará, 25’/2°T), Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson (Everton, 11’/2°T); Marcelo Cirino (Thiago Santos, 43’/2°T) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

INTERNACIONAL: Muriel; William, Leandro Almeida, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Fernando Bob, Anderson (Mike, intervalo) e Seijas (Alex, 16’/2°T); Vitinho e Eduardo Sasha (Valdívia, 36’/2°T). Técnico: Argel Fucks.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: