full screen background image




Felipão chama Ronaldinho, Pato e atacante palmeirense contra Bolívia

12282749-200x300O técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu em sua convocação para o amistoso contra a Bolívia, que será disputado às 16h30 (de Brasília) de sábado, no Estádio Ramón Aguillera, em Santa Cruz de la Sierra. Entre os 18 jogadores chamados para defender a Seleção Brasileira, estão o meia Ronaldinho Gaúcho, quatro corintianos (Alexandre Pato, Paulinho, Ralf e até o jovem goleiro Matheus Caldeira) e um palmeirense (Leandro).

A presença de Ronaldinho já era praticamente certa. Presente no primeiro amistoso sob o comando de Felipão, a derrota por 2 a 1 para a Inglaterra, o atleta do Atlético-MG havia sido esquecido contra Itália e Rússia com a promessa de que voltaria a receber uma chance antes da Copa das Confederações deste ano. Teoricamente, Ronaldinho concorre com Kaká para saber quem será o veterano escolhido por Felipão para liderar o Brasil até a Copa do Mundo de 2014. O jogador figura na relação de convocados para o amistoso contra a Bolívia também porque o técnico só pode contar com quem atua no futebol brasileiro, por não se tratar de uma data Fifa para realização de jogos entre seleções.
Dessa forma, o Corinthians aumentou a sua lista de selecionáveis – o time esperava ter três jogadores convocados diante da Bolívia, mas contará com um a mais na Seleção Brasileira. O amistoso contra os bolivianos servirá como ato beneficente para ajudar a família do garoto Kevin Douglas Beltrán Espada, vítima fatal de um sinalizador disparado no jogo entre San José e corintianos, ainda na primeira rodada da Copa Libertadores da América. As convocações de Pato (chamado pela primeira vez após retornar ao futebol brasileiro) e dos meio-campistas Ralf e Paulinho já eram dadas como certa no Parque São Jorge. A surpresa foi Matheus Caldeira estar entre eles. O goleiro jamais atuou como profissional do Corinthians – ele é o mesmo que ficou sem medalha, embolsada por José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no dia do título da Copa São Paulo de Juniores de 2012.
O maior rival do Corinthians também estará representado na Seleção Brasileira. Apesar do mau momento que o Palmeiras atravessa, o atacante Leandro foi lembrado por Felipão por causa das recentes boas atuações. O jogador emprestado pelo Grêmio não pode defender o seu clube atual na Libertadores, uma vez que estava inscrito no torneio pelo time gaúcho. No setor ofensivo, a Seleção Brasileira ainda terá o astro santista Neymar, novamente Osvaldo (convocado contra Itália e Rússia porque Lucas estava lesionado) e o retorno do colorado Leandro Damião. Na armação, Jadson, do São Paulo, apareceu como opção. Outras novidades da relação de Luiz Felipe Scolari são o zagueiro Dória, do Botafogo, o novato lateral esquerdo Douglas Santos, do Náutico, e o seu concorrente de posição André Santos, do Grêmio.
Confira a relação completa de Felipão:
Goleiros: Jefferson (Botafogo) e Matheus Caldeira (Corinthians)
Laterais: André Santos (Grêmio) e Douglas Santos (Náutico)
Zagueiros: Réver (Atlético-MG), Dedé (Vasco) e Dória (Botafogo)
Volantes: Arouca (Santos), Jean (Fluminense), Paulinho (Corinthians) e Ralf (Corinthians)
Meias: Jadson (São Paulo) e Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG)
Atacantes: Alexandre Pato (Corinthians), Leandro (Palmeiras), Leandro Damião (Internacional), Neymar (Santos) e Osvaldo (São Paulo)



Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: