Federação do Rio ameaça Fla e Flu com desfiliação

Com seu prestígio em queda por causa do fracasso dos clubes do Estado no Campeonato Brasileiro, o presidente da federação de futebol do Rio Rubens Lopes, voltou a atacar Flamengo e Fluminense e disse que vai cobrar da CBF uma atitude firme na Fifa contra os dois clubes. Isso porque o dirigente não admite que eles participem de torneio organizado pela Liga Sul-Minas-Rio, previsto para começar no início de 2016.

“Do ponto de vista esportivo, essa liga é pirata. Exigiremos da CBF que faça gestão junto à Fifa e tome as providências cabiveis. E isso chega até a suspensão e a desfiliação”, disse Lopes, em entrevista que foi ao ar na noite desta segunda-feira pela Rádio Tupi .

Rubens Lopes é um dos principais nomes do grupo que dá suporte político a Marco Polo Del Nero, presidente licenciado da CBF e indiciado pela Justiça dos EUA por crimes de corrupção.

Ele citou o Regulamento Geral das Competições, da CBF, para afirmar que Flamengo e Fluminense não poderiam participar do torneio da liga sem autorização da federação do Rio. Os dois clubes, no entanto, garantem que tem embasamento jurídico para a disputa

Ainda na entrevista, Lopes falou de outras sanções previstas para Fla e Flu – medidas aprovadas pelos demais clubes da Primeira Divisão do Rio, em assembleia liderada pelo Vasco. Estarão impedidos de participar do campeonato estadual, nas categorias de base, e ainda devem deixar de receber a cota de TV pela transmissão do Carioca.

No Brasileiro de 2015, o futebol do Rio se destacou pelo avesso. Foi o único que teve clubes rebaixados nas Séries A (Vasco), B (Macaé) e C (Madureira).




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: