Empate, título e risco de rebaixamento do Vasco

1

O Vasco lutou, teve o apoio de sua torcida, mas não consegiu conquistar os três pontos, frente ao Corinthians, nesta quitna-feira (19) à noite em São Januário, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Vasco soma 34 pontos , aparece em 19º e segue a luta contra o rebaixamento. Já a equipe do Parque São Jorge, sagrou-se campeão brasileiro pela sexta vez em sua história. A conquista só foi possível, graças a vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG por 4 a 2, no Morumbi.

Nos primeiros minutos, o Vasco forçou uma série de erros de passe do Corinthians. À distância, o técnico Tite estava protegido de eventuais cusparadas de torcedores, porém não tinha voz para ajustar as já tradicionais triangulações da sua equipe.

Apesar das tentativas, pouca coisa foi feita pelas equipes na primeira etapa.

No segundo tempo, o Vasco voltou disposto a buscar or esultado que era necessário e pressionou a equipe paulista até conseguir converter suas tentativas em gol. Aos 26 minutos, Julio Cesar tabelou com Nenê pela esquerda e concluiu na saída de Cássio, sob as pernas do goleiro, para sacudir a rede. Era o que faltava para o ambiente se tornar completamente festivo entre os vascaínos – com direito a abraço de um torcedor em um policial militar e a explosão de um rojão nas arquibancadas.

Entre os torcedores do Corinthians, havia timidez para comemorar, mesmo com a derrota do Atlético-MG para o São Paulo, em função do resultado negativo. Tite tentou mudar a história com Bruno Henrique e Lucca nos lugares de Ralf e Elias. Mas coube a outro atleta complementar a festa do time hexacampeão.

Aos 36 minutos, Lucca escorou a bola para o meio da área após cruzamento de Edílson – ele mesmo. Vagner Love, ex-morador de São Januário, flamenguista na infância e revelado pelo Palmeiras, empurrou pelo alto para o gol para entrar na história do Sport Club Corinthians Paulista, hexacampeão brasileiro.

Aos comandados de Jorginho, resta levantar a cabeça, trabalhar e seguir na luta, já que restam três rodadas para selar a sorte da equipe de São Januário, que tenta evitar o terceiro rebaixamento de sua história.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: