Éderson e Delatorre acabam com o Botafogo e Furacão pula para o G4!

003No alçapão da Vila Capanema, o Atlético Paranaense foi muito superior ao agora vice-líder Botafogo e venceu por 2 a 0. O Rubro-Negro foi melhor que o time de Oswaldo de Oliveira, contando com uma afiada dupla de ataque para conquistar os três pontos dentro de casa e alcançar o G4 do Campeonato Brasileiro. O Furacão tem agora 27 pontos e está embalado na competição.

Com Vágner Mancini, o clube paranaense ainda não perdeu na competição. Já o Botafogo não conseguiu recuperar a liderança, que até antes do apito final era provisória para o Cruzeiro, e agora ficou um ponto atrás da equipe celeste, que tem 31 pontos na tabela do Brasileirão.

O JOGO

O Atlético Paranaense foi melhor em campo na primeira etapa. Mesmo reforçado de Seedorf, o Botafogo ficou acuado pelo bom time do técnico Vágner Mancini e pela pressão da torcida no alçapão da Vila Capanema. Éderson e Paulo Baier foram os melhores do Furacão, mas mesmo com as inúmeras chances criadas a bola teimou em não entrar.

Na melhor delas, Éderson aproveitou cruzamento espirrado e Jefferson teve que fazer grande defesa para impedir a abertura do placar. No rebote, Delatorre recebeu, dominou com carinho e deu um tapa de quem sabe. O goleiro alvinegro ficou estático no lance, mas a bola bateu na rede lateral e não entrou. Mas enganou muita gente no estádio que deve ter comemorado.

Na volta do intervalo, o Atlético-PR voltou com tudo e marcou logo no primeiro minuto da etapa derradeira. Delatorre fez linda pela jogada, passou por dois zagueiros do Botafogo e entregou para Éderson, que bateu de primeira do jeito que deu. Jefferson conseguiu espalmar a bola, mas a redonda espirrou para trás e entrou de mansinho no gol, após proteção de Delatorre que impediu o corte de Dória. 1 a 0 Atlético!

11 minutos depois, Éderson marcou mais um para o Atlético. O seu décimo no Campeonato Brasileiro. Após mais uma boa jogada de Delatorre, o artilheiro recebeu do companheiro pela esquerda, mas já dentro da área, e tocou com categoria na saída do goleiro alvinegro.

Depois disso, o Furacão passou a se resguardar na defesa para sair no contra-ataque. O Glorioso tentou furar a formação defensiva do CAP, mas sem sucesso teve que lamentar a derrota que o impediu de retomar a liderança do Campeonato Brasileiro.

A cinco minutos do fim, uma grande confusão prejudicou e muito o Botafogo. Vitinho recebeu lance nas costas da zaga, recebeu uma truncada e caiu no chão. Pedro Botelho não gostou do meia ter acertado o goleiro atleticano e foi tirar satisfação, puxando o seu cabelo. Resultado: vermelho para Botelho e Vitinho. Jefferson ainda recebeu um amarelo de quebra por ter saído da sua área para reclamar.

Quem comemora é o Atlético-PR, que com a vitória ultrapassa o Corinthians na tabela e entra no G4. Agora o time de Vágner Mancini tem 27 pontos e ocupa a 4ª colocação do Brasileirão! Já o Botafogo, terá que se contentar com a vice-liderança, com 30 pontos. O líder, enfim, é o Cruzeiro, que está isolado com 31 pontos.

Na próxima rodada, o Botafogo recebe o São Paulo, domingo, no Maracanã, para tentar voltar ao posto mais alto do Brasileirão. Já o Furacão, que ainda não perdeu com Vágner Mancini no campeonato, enfrentará o Náutico, na Arena Pernambuco.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: