Diogo Silva garante vitória de 2 a 0 do Vasco sobre o Nacional

003Em noite do goleiro Diogo Silva, que fez uma série de ótimas defesas, o Vasco estreou nas oitavas de final da Copa do Brasil nesta terça-feira (20) com uma vitória de 2 a 0 sobre o Nacional de Manaus, que disputa a Série D do Brasileiro, e vai decidir sua classificação à próxima fase do torneio que põe um time brasileiro na Libertadores da América no jogo da volta no próximo dia 29, às 21h50, em São Januário. O equatoriano Tenório fez os dois gols do Vasco, um em cada tempo da partida.

Mesmo jogando fora de casa, a torcida vascaína lotou o estádio em Manaus e, com isso, o Vasco foi com tudo ao ataque. Aos 27, Danilo Rios invadiu a área pela esquerda e tentou cruzar para o atacante Leonardo, mas Diogo Silva se antecipou e ficou com a bola. Três minutos depois, Tenorio recebeu belo lançamento e saiu na cara do gol, mas o árbitro já marcava impedimento do atacante vascaíno. Aos 35, após cobrança de escanteio de Danilo Rios, Cris chegou para afastar o perigo. Em resposta, aos 37, Pedro Ken puxou contra-ataque e lançou Eder Luis, que dominou e chutou forte, para a defesa de Gilberto. Aos 40, Danilo Rios recebeu na entrada da área, dominou e bateu rasteiro, mas a bola saiu em tiro de meta. Três minutos depois, após rebote da zaga em cobrança de escanteio do Vasco, Wendel pegou de primeira, de fora da área, mas a bola desviou na zaga e saiu raspando o travessão. Em nova cobrança de escanteio, aos 43, Tenorio subiu e cabeceou forte, a bola ainda desviou em Emerson antes de estufar as redes.

Com apenas uma mudança, a entrada do lateral Yotún no lugar do garoto Henrique, o Vasco voltou para a segunda etapa buscando o segundo gol. Mas, quem atacou mais foi o time local, com seus atacantes exigindos seguidas defesas Diogo Silva. No fim do jogo o Nacional cansou e o Vasco passou a pessionar. Aos 42, Tenorio recebeu de Pedro Ken, passou por três adversários e tocou para Eder Luis que, marcado, ganhou lateral. Aos 44, Eder Luis fez ótima jogada individual e, ao invadir a área, foi derrubado. Na cobrança de pênalti, Tenorio marcou seu segundo gol na partida e garantiu a vitória vascaina.

NACIONAL-AM 0 X 2 VASCO

Local: Roberto Simonsen, Manaus (AM)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva

Auxiliares: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Valdebrânio da Silva (RO)

Cartões amarelos: Emerson e Felipe (NAC), Montoya e Fagner (VAS)

Cartões vermelhos: Rafael Morisco (NAC).

Gols: Tenório, 43’/1ºT (0-1) e 45’/2ºT (0-2)

NACIONAL-AM: Gilberto, Andrezinho, Emerson, Rafael Morisco e Wesley Bigú (Marcinho, 31’/2ºT); Dênis, Lídio (Garanha, 40’/2ºT), Evandro e Danilo Rios; Felipe e Leonardo (Cristiano, 21’/2ºT) – Técnico: Léo Goiano.

VASCO: Diogo Silva, Fagner, Jomar, Cris e Henrique (Yotún, intervalo); Abuda, Fillipe Soutto, Wendel (Montoya, 20’/2ºT) e Pedro Ken; Eder Luis (Edmilson, 46’/2ºT) e Tenório – Técnico: Dorival Júnior.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: