NITERÓI NOTÍCIAS

Demolições na Marquês do Paraná aguarda licença ambiental

banner

As demolições dos três edifícios localizados na equina da Avenida Marquês do Paraná com Rua Doutor Celestino, no Centro — que precisam ser feitas para o alargamento do corredor viário —, ainda aguardam a emissão de licença ambiental pela Secretaria municipal de Meio Ambiente. A prefeitura não dá prazo para que a permissão seja concedida, mas mantém a previsão de conclusão desta fase da obra para fevereiro.

A ordem de início para as demolições, que serão realizadas nos números 225, 298 e na parte dos fundos do edifício 294 pela empresa DG Construções e Locações e Serviços Eireli ao custo de R$ 433.900, foi dada pela prefeitura no último dia 13. Outra etapa em andamento, com prazo de seis meses, é a elaboração do projeto executivo de reurbanização e ampliação da via, no valor de R$ 285.900, que será elaborado pela PCE Projetos e Consultorias de Engenharia Ltda.

Iniciada em julho do ano passado, com a desapropriação de 35 imóveis pela prefeitura, a obra foi paralisada em março, após a Justiça atender ao pedido do Ministério Público (MP), em ação movida pelo Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente (Gaema), e conceder liminar determinando que a prefeitura contratasse um Estudo de Impacto Ambiental (EIA/Rima) para a Operação Urbana Consorciada (OUC) e o apresentasse ao Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea). A obra só foi retomada em maio, quando a Procuradoria-Geral do Município conseguiu a suspensão da liminar.

 

Posts Relacionados

PF indicia Temer e mais dez em inquérito sobre Decreto dos Portos

REDAÇÃO

Prefeitura de Niterói anuncia uma série de alterações no trânsito do bairro Icaraí -Niterói

REDAÇÃO

84 policiais militares reforçam segurança de Niterói

REDAÇÃO

Esse site utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Assumimos que você esteja de acordo com isso, caso contrário você pode fazer opt-out if se desejar. Aceito Leia Mais