De olho em premiação pelo vice-campeonato, Flamengo visita o Atlético-PR

Disposto a confirmar o vice no Campeonato Brasileiro, o Flamengo visita o Atlético-PR neste domingo, às 17h(de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela última rodada da competição. O time carioca, embalado pela vitória de 2 a 0 sobre o Santos, tem 70 pontos, dois a mais que o próprio Peixe. Ganhando, os flamenguistas garantem o segundo lugar, porém, se tropeçarem vão torcer para que os santistas não superem o América-MG na Vila Belmiro.

Porém, para confirmar a segunda posição o Flamengo vai precisar atrapalhar os planos do Atlético-PR, que vem de um empate sem gols com o Corinthians e aparece na quinta posição com 56 pontos. Para confirmar a presença no G-6 o Furacão depende de um simples triunfo, mas em caso de empate ou derrota vai precisar “secar” o Botafogo, que tem a mesma pontuação e visita o Grêmio, ou o Corinthians, que pega o Cruzeiro em Minas Gerais.

A luta pelo segundo lugar realmente está mexendo com os flamenguistas. Os jogadores todos estão adotando o discurso que vem sendo pregado pelo técnico Zé Ricardo.

“ Vamos batalhar por uma vitória no Paraná porque queremos terminar a temporada na melhor colocação possível. O Flamengo sempre entra em campo com o pensamento de ganhar seus jogos e não vai ser diferente agora. Temos um compromisso com a nossa torcida e com o clube. Trata-se de um jogo muito importante, pois pode nos confirmar na segunda colocação”, disse o goleiro Alex Muralha.

Mas para ser segundo, o Flamengo terá que superar um determinado Atlético-PR, que sabe que vai precisar fazer um jogo perfeito.

“O Atlético Paranaense fará o jogo do ano e por isso mesmo temos consciência de que precisamos fazer um jogo perfeito. Não podemos cometer um único erro que vai ser fatal”, disse o técnico Paulo Autuori.

Com praticamente duas semanas dedicadas aos trabalhos visando o confronto decisivo diante dos cariocas, o técnico Paulo Autuori, que não tem nenhum desfalque para montar a equipe, com exceção de Luciano Cabral, que segue no departamento médico e já não vinha atuando. Com isso, a equipe rubro-negra vai com força total.

Já no Flamengo, o zagueiro Rafael Vaz, com uma luxação no ombro equerdo, foi vetado e fica de fora, cedendo espaço para Juan. Outro desfalque é o meia Diego, que foi advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Santos e cumpre suspensão. Alan Patrick vai ocupar a vaga.

O comandante atleticano prevê um duelo complicado, mesmo jogando em Curitiba, mas confia no rendimento de seu time para buscar o resultado.

“Jogar contra o Flamengo sempre é difícil. Tem uma excelente equipe e tem feito um excelente campeonato. Lutou até o final pelo título. Então, certamente será um jogo difícil, como são todos. Esperamos ter um rendimento que nos permita vencer”,-, analisou.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: